All for Joomla All for Webmasters

Salão de Pequim, o mais eletrificado do mundo

Autos e Motos - Roberto Nunes
Typography

Alguém aí já dirigiu um carro elétrico? Eu tive esta oportunidade duas vezes até hoje: dirigi um Fusca elétrico desenvolvido por alunos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e o BMW i3, primeiro elétrico vendido no varejo no Brasil.

O que mais chama a atenção nos carros eletrificados é a ausência de som no momento da partida. Fiz até um vídeo da partida do i3 na oportunidade, em 2015, chamando a atenção para esta característica. Veja abaixo.

 

Nos carros a combustão, girar a chave – ou apertar o botão – significa causar uma “explosão” dentro dos cilindros; nos elétricos este processo inexiste. Também não há progressão de torque, a liberação é imediata, resultando em respostas igualmente imediatas.

Diante disso, dirigir um elétrico é bastante prazeroso, e será cada vez mais comum nos próximos anos…na China. A gigante asiática impôs metas para a produção de veículos elétricos que terminarão por extinguir os carros novos movidos a combustíveis fósseis em alguns anos. No Brasil, ainda não se tem nada parecido e a infraestrutura precária deve atrasar, em muito, a disseminação desta tecnologia.

Como maior mercado de automóveis do mundo, a China tem atraído fabricantes de diversas partes do globo decididas a investir em energias alternativas em solo chinês. Não só por isso, mas também por isso, o Salão do Automóvel de Pequim (Auto China 2018) tem se mostrado o motorshow mais eletrificado do mundo.

Veja abaixo algumas das novidades mostradas no salão, afinal, esta é a tecnologia do futuro – ainda que mais distante para nós.

BMW iX3

A BMW apresentou no Salão do Automóvel de Pequim o Concept iX3, primeiro veículo da marca BMW movido exclusivamente a energia elétrica. O modelo é baseado no SAV médio X3, que conhecemos por aqui, e utiliza a quinta geração da tecnologia de tração elétrica BMW eDrive. O motor elétrico desenvolvido para o BMW Concept iX3 gera uma potência superior a 270 kW/ 270 cavalos e sua bateria de proporciona uma autonomia de mais de 400 km.

Nissan Sylphy Zero Emission

A Nissan está apresentando três veículos elétricos no Salão de Pequim, um deles é o Sylphy (o Sentra elétrico), que compartilha a mesma plataforma do LEAF, elétrico mais vendido do mundo. O Sylphy é equipado com tecnologias como Alerta Inteligente de Mudança de Faixa, Assistente Inteligente de Emergência, Alerta Inteligente de Tráfego Cruzado e Monitoramento Inteligente de Ponto Cego. O modelo será comercializado durante o ano de 2018.

Nissan IMx KURO

A Nissan é muito boa em carros conceito. Eles costumam ser muito bonitos, e o IMx KURO não foge à regra. Este crossover elétrico oferece aos visitantes do salão uma ideia do futuro da Mobilidade Inteligente da Nissan. Os recursos avançados do veículo incluem a exclusiva tecnologia Brain-to-Vehicle (do cérebro para o veículo), que intercepta e analisa as ondas cerebrais do condutor para melhorar os tempos de reação e melhorar o conforto de condução.

Byton Concept

Certamente uma das grandes atrações do salão. O Byton Concept tem uma tela de 49 polegadas no lugar do painel e controle por gestos e voz. No centro do volante, outra tela, de 8 polegadas, substitui o painel de instrumentos. Segundo o site Auto Esporte, o conceito está 85% pronto e será lançado com autonomia de 500 km com uma carga. A Byton foi fundada por ex-funcionários da BMWi, divisão de carros elétricos da marca alemã.

Sol E20X

Este SUV elétrico é resultado da parceria da Volkswagen com a chinesa JAC. Derivado do T40, possui autonomia de 300 km com uma carga. A imprensa especializada divulgou que o Sol E20X pode chegar ao Brasil. Esperamos que sim!

Fotos: Divulgação

e-max.it: your social media marketing partner