All for Joomla All for Webmasters

Moderno, Yaris peca no multimídia

Autos e Motos - Roberto Nunes
Typography

A convite da montadora Toyota do Brasil o jornalista Roberto Nunes participou na sexta-feira (8), em São Paulo, do lançamento e dia de test-drive no Yaris. De lá, ele traz todas as informações do Yaris, a nova aposta da montadora para o mercado brasileiro. Confira a reportagem.  

O novo Yaris chega ao mercado brasileiro posicionado entre o Etios e o Corolla. Carro global da Toyota, o Yaris tem produção na fábrica de Sorocaba (São Paulo) e vai brigar com Polo e Argo no segmento dos hatches compactos-médios e Virtus e Cronos entre os sedãs no Brasil. A briga é boa e a Toyota enfrenta os rivais com versões bem equipadas, motores eficientes e pacote recheado de equipa

A Toyota tem planos consistentes com o Yaris no Brasil. Ofertado nas carrocerias hatch e sedã, o novo Yaris vem equipado com as motorizações 1.3 e 1.5 (ambas flex) e a opção das transmissões manual de seis velocidades e automática do tipo CVT, o mesmo conjunto motriz do já consolidado Etios no Brasil. O hatch é vendido pelo valor inicial de R$ 59.590 na configuração XL manual e a XL CVT sai por a partir de R$ 65.590. Há ainda as versões XL Plus Tech CVT (R$ 69.590), XS 1.5 CVT (74.590) e XLS 1.5 CVT (R$,77.590). O Yaris sedã tem só o motor 1.5 com preços que partes de R$ 63.990 (XL manual) e vai até R$ 79.990 na versão topo da gama XLS CVT (R$ 79.990).

Nos últimos quatros anos, o brasileiro tem sido mais exigente na compra dos seus carros. A legislação de produção de carros no país tem obrigado aos fabricantes só vender carros com freios ABS, airbag duplo e outros sistemas de segurança. O mercado já impõe mimos e um multimídia bem conectado. Por conta disso, marcas como a Toyota saíram da posição mais tradicional e incluíram itens antes nunca ofertados nos seus carros. O novo Yaris já traz no pacote de série itens como vidros e travas elétricos, controle de estabilidade e de tração, assistente de subida em rampa, faróis com regulagem elétrica e acendimento automático, além de roda de liga leve de 15” e faróis de neblina.

O novo Yaris tem boas dimensões para um carro urbano, No caso do hatch, a distância de entre-eixos é de 2,55 metros e seu comprimento é  4.145 mm (na carroceria sedã, o carro tem 4.425 mm). O porta-malas é de 310 litros (hatch) e o sedã tem 473 litros no compartimento de carga. O tanque de combustível comporta 45 litros.

Mais para Etios

Se comparado com o motor 1.0 TSI flex (128 cv e 20,4 kgfm) da Volkswagen (Polo e Virtus), os dois propulsores do Yaris ficam a desejar. Usando a mesma mecânica do Etios, o novo Yaris anda até bem na carroceria hatch com o motor 1.3 flex, de tecnologia Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, de 101 cavalos a 5.600 rpm e 12,9 kgfm a 4.000 rpm. Para um carro que será usado mais em situações da cidade, são números razoáveis. Caso você opte pelo motor maior 1.5, com o sistema Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, o Yaris tem 110 cv de potência a 5.600 rpm e  torque máximo de 14,9 kgfm.

Para o sedã, a vontade de andar tem como principal obstáculo as ladeiras, principalmente as mais íngremes. O motor 1.5 até se esforça, mas o peso do Yaris (cerca de 1.500 kg) não ajuda. No Etios, o sedã (1.029 kg) anda bem, sim, senhor. No Yaris, o propulsor tem pouco torque e o câmbio CVT fica em busca da marcha, com giros altos e ai o consumo – com certeza – deve ficar nas alturas.

A grande sacada da Toyota é usar sua excelente reputação nos quesitos segurança, qualidade de produção e, principalmente, na mecânica com motores eficientes e suspensão bem ajustada para os nossos terrenos e estradas com muitas irregularidades e buracos. Além disso, o novo Yaris surpreende também no visual mais para um mini-Corolla na versão sedã e de pegada bem esportiva na carroceria hatch. É o único da categoria a ser ofertado com teto solar.

Seu visual é modernoso e sua frente destaca faróis com desenho esportivo. Há ainda rodas de liga leve de 15” e pneus são 185/60, lanternas com LED, faróis de neblina e parac-hoque mais robusto.  As rodas das versões XS e XLS possuem design exclusivo com acabamento Dual Tone (preto e prata). O hatch vem com limpador e lavador do vidro traseiro e há até um aerofólio exclusivo. Seu interior tem bom nível de acabamento com bancos de tecido nas versões XL e XL Plus Tech e de couro nas versões XS e XLS. Outra característica do novo Yaris é o assoalho traseiro plano, que contribui para uma viagem mais confortável quando há três ocupantes nos bancos traseiros.

Para as versões XL e XL Plus Tech, o painel de instrumentos conta com display LCD de 2.7”. São três mostradores circulares que reúnem as informações de bordo: o do lado direito mostra o termômetro do motor e o indicador de combustível, o da esquerda exibe o conta-giros, enquanto no do meio é possível visualizar o velocímetro e o computador de bordo, com funções de hodômetro parcial A e B, consumo de combustível instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e intensidade de brilho do painel. Nas versões mais caras XS e XLS, o computador de bordo conta com uma tela de 4.2” com tecnologia TFT colorido e de alta resolução e mais funções, como histórico de viagem, de consumo a cada cinco minutos, de consumo mensal (km/l), entre outros.

A Toyota equipa bem o Yaris. De série, o carro já vem com computador de bordo, comandos no volante, descansa-braços dianteiro, controle de estabilidade (VSC), tração (TRC) e assistente de partida em rampa (HAC).Há a eficiente direção eletroassistida progressiva (EPS) que funciona em plena sintonia tanto com o motor 1.3 quanto com o propulsor 1.5 (manual ou CVT). Há ainda ar-condicionado, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico por um toque, travas elétricas, faróis com regulagem elétrica, faróis de neblina, retrovisor interno eletrocrômico, banco traseiro rebatido 40/60 (sedã), entre outros itens, além dos obrigatórios airbag duplo dianteiro e freios com sistema ABS de última geração com distribuição eletrônica de frenagem (EBD). A versão XL com câmbio CVT adiciona os seguintes o controle de velocidade de cruzeiro e função Eco Driving do computador de bordo.

No pacote mais vistoso, o carro tem sensor de chuva, maçanetas cromadas, faróis projetores com lâmpadas halógenas, lanternas em LED e sete airbags. Estes equipamentos ganham destaque e podem ser itens interessantes para quem deseja um carro seguro, família e moderno.

O motorista e demais passageiros têm a disposição um carro feito com equipamentos e mecânica que se encaixam no gosto do brasileiro. Em um mundo conectado, a central multimídia ainda é acanhada para um carro japonês. o sistema multimídia é, de fato, o calcanhar de aquiles do Yaris. Se comparado com o sistema do Polo, é de dar vexame. Na verdade, a Volks está um passo à frente neste quesito. Por isso, a Toyota deveria ter investido mais em um sistema tecnológico e mais moderno para o Yaris. 

As cores disponíveis para o novo Yaris são: Branco Polar (sólido), Branco Perolizado, Cinza Cosmopolita, Prata Lua Nova, Prata Premium, Preto Infinito, Vermelho Super (sólido) e a nova e exclusiva, Azul Titã. A garantia do Yaris é de três anos.

Preços do hatch:

Toyota Yaris XL manual: R$ 59.590

Toyota Yaris XL CVT: R$ 65.590

Toyota Yaris XL Pure Tech CVT: R$ 69.590

Toyota Yaris XS CVT: R$ 74.590

Toyota Yaris XLS CVT: R$ 77.590

Preços do sedã:

Toyota Yaris XL manual: R$ 63.990

Toyota Yaris XL CVT: R$ 68.690

Toyota Yaris XL Pure Tech CVT: R$ 73.990

Toyota Yaris XS CVT: R$ 76.990

Toyota Yaris XLS CVT: R$ 79.990

Roberto Nunes é jornalista automotivo e cobre desde 2002 os principais lançamentos nacionais e eventos internacionais como os salões de Paris, Frankfurt, Detroit, Tóquio, Pequim, Buenos Aires e São Paulo. Edita hoje o site autosemotos.com e apresenta o programa Autos e Motos TV (SBT Bahia)

e-max.it: your social media marketing partner