Com o dobro de vagas, a 2ª edição do Circuito de Ciclismo na Itaipu Binacional ocorre na tarde deste domingo (24) com a expectativa de receber 200 participantes, 100 a mais que a primeira edição, em 27 de maio. O evento é aberto aos ciclistas da comunidade e aos empregados e empregadas de Itaipu (que têm direito a metade das vagas) e está programado sempre para o último domingo do mês – o calendário vai até novembro.

As inscrições para este domingo já estão abertas. A participação é gratuita e está sujeita à disponibilidade de vagas. Para aderir, é preciso preencher um formulário pela internet (goo.gl/forms/G96JlBMpC6KPSerE3). Qualquer pessoa com mais de 10 anos de idade pode participar, embora o circuito seja voltado a quem tem experiência no pedal. Crianças precisam estar acompanhadas pelo pai, mãe ou responsável legal.

Pedal vespertino

Desta vez, o circuito começa às 15h30. Pela manhã, a usina receberá a Nanocorrida de Aventura, evento esportivo exclusivo para o público interno da Itaipu, por isso a mudança de horário (em maio, o pelotão largou às 8h).

Durante o percurso, os ciclistas terão a oportunidade de pedalar por 18 quilômetros dentro da maior geradora de energia limpa e renovável do planeta, passando pelos principais pontos da hidrelétrica, como a Barreira de Controle, o Mirante do Vertedouro, Mirante Central, Porto do Kattamaran e Parque da Piracema.

O uso de equipamento de segurança, como capacete, é obrigatório e todos os ciclistas devem seguir em comboio. A organização recomenda que os atletas levem garrafa de água para hidratação durante o percurso e utilizem protetor solar. Outras orientações relativas às regras de trânsito serão repassadas no dia do evento.

Na última edição, famílias inteiras, pessoas de todas as idades e ciclistas do Oeste do Paraná, além de colaboradores da Itaipu, esbanjaram disposição e motivação para desfrutar dos cenários da usina sobre duas rodas. A integração foi tamanha que dois terços dos participantes eram pessoas da comunidade e sem vínculo com a empresa.

“É um jeito saudável de integrar ainda mais a comunidade com os atrativos que Itaipu oferece”, disse Aline Teigão, da Coordenadoria de Turismo da Itaipu.

O evento surgiu em razão das demandas de vários grupos de ciclismo da cidade que pediam a liberação de acesso à Itaipu. Atenta aos anseios da comunidade, a empresa abriu as portas para os adeptos do esporte.

Fonte: Assessoria 

A Ford registrou a patente de uma jaqueta inteligente que orienta o ciclista a encontrar os melhores caminhos no trânsito, com a ajuda de um aplicativo, e gera sinais luminosos, sonoros e táteis para tornar a viagem mais segura. Ainda em fase de protótipo, a “Smart Jacket” foi desenvolvida por um grupo de empregados do escritório de inovação Ford Smart Mobility em Londres.

Nos 16 e 17 de junho, uma competição na região sul de São Paulo vai comemorar os 15 anos do rali de estratégia Mitsubishi Outdoor. Além de muito 4x4, haverá provas de rapel, bike, corrida, travessia em cavernas, canoagem e atividades culturais.

No último final de semana, Ponta Grossa, no Paraná, foi palco de muita adrenalina, aventura e barro. A cidade recebeu dois ralis. A MitCup e a Copa Troller. Cerca de 70 veículos participaram das trilhas emocionantes, belos cenários naturais e vários tipos de desafios para superar, em clima de amizade e com muita lama durante a Copa Troller. A prova durou cerca de cinco horas. 

Depois de muitas emoções no interior de São Paulo, foi a vez do Estado do Paraná receber a Mitsubishi Cup, o rali cross-country de velocidade da marca dos três diamantes. Além do frio, que marcou presença em Ponta Grossa, as mudanças de piso foram um grande desafio para os competidores na fazenda Pedra Verde. 

Neste sábado, dia 9 de junho, as duplas da Mitsubishi Cup desembarcarão pela primeira vez em Ponta Grossa (PR) para a 3ª etapa da temporada 2018. Depois de duas provas no Estado de São Paulo, em Mogi Guaçu e Votuporanga, os competidores enfrentarão um desafio com características inéditas no Paraná. Para participar é preciso ter um dos modelos 4x4 da marca dos três diamantes. Em Foz, a concessionária é a Brizza

O piloto iguaçuense Márcio Bortolini trouxe para Foz do Iguaçu mais um troféu da SuperBike 1000cc Light, do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. A corrida ocorreu nesse domingo (27), no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). Com a redução do número de pilotos, 300 para 120, por causa da greve dos caminhoneiros, a vitória do iguçuense não contará pontos para o campeonato. 

A velocista Érica Geni Barbosa Cavalheiro, integrante do projeto Jovens Atletas – Campeões do Futuro, mantido pela Itaipu Binacional, é a mais nova campeã brasileira sub 18 nos 400 metros rasos. A conquista ocorreu no Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo, em Recife (PE), entre os dias 18 e 20. O evento reuniu 750 atletas de 24 estados.

Dois dos três atletas iguaçuenses que participaram no Mundial de Esporte Escolar (Gimnasíada) 2018, em Marrakesh (Marrocos) voltaram com medalha. Érica Geni Barbosa Cavalheiro trouxe o ouro na corrida de revezamento medley (atletismo); e Vitor Hugo Leodoro Gravenhagen foi prata no judô, na categoria meio pesado (até 90 quilos).