Para aumentar a competitividade, Mercedes-Benz Challenge disputa segunda corrida consecutiva em traçado inédito

Esporte
Typography

O Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR), recebe, no próximo domingo (10), a 5ª etapa da temporada 2017 do Mercedes-Benz Challenge. O encontro marcará também a estreia da pista paranaense no campeonato, tornando-a o 14º circuito a ingressar na história da competição. A prova terá transmissão ao vivo pelo canal por assinatura Band Sports, a partir das 10h.

 

A estreia da pista do Norte do Paraná também marca a abertura da segunda metade da temporada de oito corridas em 2017, com o gaúcho Fernando Júnior liderando a classificação da categoria CLA AMG Cup e o catarinense Claudio Simão na dianteira da C 250 Cup.

Inaugurada em 1992, a pista de Londrina tem 3.146 metros e capacidade para receber 35 mil pessoas. Considerada de média velocidade e privilegiando a regularidade dos pilotos em detrimento de uma maior agressividade, Londrina possui duas retas principais e duas curvas apontadas como decisivas pelos competidores: a Curva do Bacião e a Curva da Caixa D’Água.

Opinião de quem conhece

Os pilotos locais, por já terem competido no traçado londrinense, devem levar alguma vantagem inicial. Pelo menos é o que pensa o paranaense Paulo Varassin, que já venceu corridas importantes e conquistou dois títulos estaduais em Londrina. “É um traçado técnico, dificílimo e muito favorável para quem já conhece seus detalhes”, opina Varassin. “Os pontos de ultrapassagem estão nas duas retas, assim como os trechos cruciais que determinam a qualidade da volta”, aponta o piloto, que compete na CLA AMG Cup.

 

 

e-max.it: your social media marketing partner