Mitsubishi Cup faz sua estreia em Ponta Grossa (PR) com muito frio e disputas acirradas

Esporte
Typography

Depois de muitas emoções no interior de São Paulo, foi a vez do Estado do Paraná receber a Mitsubishi Cup, o rali cross-country de velocidade da marca dos três diamantes. Além do frio, que marcou presença em Ponta Grossa, as mudanças de piso foram um grande desafio para os competidores na fazenda Pedra Verde. 

“Foi uma prova muito técnica, com trechos travados que mereceram bastante atenção na navegação. A fazenda onde a etapa foi realiza é muito bonita. Para mim, foi a especial mais divertida da temporada”, comenta Ricardo Vivolo, piloto campeão da categoria ASX RS ao lado de Weidner Moreira.

Durante o sábado, os competidores das categorias ASX RS, ASX RS Master, L200 Triton ER, L200 Triton ER Master e L200 Triton Sport RS enfrentaram duas provas com duas largadas cada, totalizando 92 km em meio a plantações de soja, em uma pista com piso em constante mudança.

Devido à chuva e ao frio que atingiram a região de Ponta Grossa na última semana, as equipes encontraram um piso bastante pesado e escorregadio nas primeiras duas passagens do dia, que tiveram temperatura próxima aos 5°C.

Já na largada da segunda prova, mais desafios. Facões e valetas se formaram no traçado, exigindo cuidado redobrado dos pilotos e navegadores, que buscavam os melhores tempos do dia. Outros desafios foram passagens de pontes, saltos e trechos em mata nativa, que deram um toque de emoção a mais.

Próxima etapa

No dia 22 de setembro, a Mitsubishi Cup viaja até a cidade paulista de Cordeirópolis (SP), para a quarta etapa da temporada, onde as duplas enfrentarão mais um desafio inédito: além de duas provas de cross-country, os competidores se aventurarão em um autódromo de terra. Para participar é preciso ter um veículo Mitsubishi. Em Foz, estão a venda na Brizza. 

e-max.it: your social media marketing partner