Neste sábado (03), o mundo estará de olhos no Estádio Nacional de Gales, em Cardiff, no País de Gales, onde será realizada a final da Champions League, entre Juventus e Real Madrid. Em Curitiba vários estabelecimentos vão transmitir a partida. Para atrair o público, os empreendimentos apostam em ações especiais. Separamos cinco opções para que os amantes do futebol não percam nenhum lance. 

- O bar Simples Assim (R. Alferes Ângelo Sampaio, 1671) abrirá a partir das 15h para receber os amantes do futebol. Durante o período da partida, os chopes de 475ml sairão por R$10. Alguns dos destaques da casa são a batata frita flambada com quatro queijos; o bolinho de linguiça Blumenau; e a tabua de picanha ao shoyo com pão de alho.

- Na Rua 24 Horas (Rua Visconde de Nacar, s/n), um dos centros gastronômicos de Curitiba, o Bávaro irá transmitir ao vivo o jogo a partir das 15h. Serão 04 televisões de 60 polegadas espalhadas pelo estabelecimento que terá à venda Chopp Pilsen a R$9.90.

- O Sheridans Irish Pub (R. Bpo. Dom José, 2315) vai receber os apaixonados por futebol a partir das 15h. A entrada no bar é de graça até às 19h. Durante o jogo, os clientes irão concorrer a duas camisetas oficiais.

- A Mercadoteca (Rua Paulo Gorski, 1309) exibirá a partida em um telão montado no pátio do estabelecimento. O espaço abre às 10h.

- O Madero Sports Bar (Rua Cel. Dulcídio, 95) irá receber o público em um clima total do futebol. O jogo será exibido em dois telões e 20 TV’s de 70 polegadas, assim ninguém perderá o trajeto da bola. O restaurante estará aberto a partir das 11h45.

A mais bela disputa de rua será neste domingo (4). Cerca de 4,5 mil atletas de várias partes do brasil e do mundo participam em Foz do Iguaçu da Meia Maratona das Cataratas. Com recorde de público, a prova terá dois trajetos: 21 km e 8 km . A disputa de 8 quilômetros é a grande novidade desta 10ª temporada do circuito.

Nas duas provas, os corredores terão a oportunidade de correr dentro de um Patrimônio Natural da Humanidade, o Parque Nacional do Iguaçu, e vivenciar nos trechos finais da corrida as Cataratas do Iguaçu, uma das sete novas maravilhas da natureza.

Largada às 8h

A largada das duas provas será simultânea, às 8h, mas de pontos diferentes. Para a prova de 21 km, a saída será em frente ao estacionamento do Shopping Catuaí Palladium. O Desafio 8 K das Cataratas começa já dentro do Parque Nacional do Iguaçu. A chegada das duas provas será na região do Restaurante Porto Canoas, perto das Cataratas.

O público que for assistir à corrida deve dirigir-se ao Centro de Visitantes do Parque Nacional do Iguaçu das 6h às 7h, para adquirir o ingresso. O estacionamento será gratuito.

A entrada na unidade ficará interrompida das 7h às 11h, quando o parque terá atendimento exclusivo para o evento esportivo. O recebimento dos visitantes será retomado às 11h e seguirá até as 17h.  Para garantir a tranquilidade do evento, todo o fluxo de carro nas imediações será organizado pelos órgãos de segurança.

A Meia Maratona das Cataratas é uma realização do Parque Nacional do Iguaçu (ICMBio) e da Cataratas do Iguaçu S.A., com promoção da RPCTV e patrocínio da Itaipu Binacional e Fundo Iguaçu.

Durante o GP de Mônaco que acontece neste fim de semana, a Renault tem o orgulho de dar a largada nas comemorações de seu ingresso na Fórmula 1.

A Renault entrou para a Fórmula 1 com Jean-Pierre Jabouille e o RS01, o primeiríssimo carro de F1 com motor turbo, no GP da Grã-Bretanha de 1977. Na próxima sexta-feira, 26 de maio, esta associação será lembrada no circuito de Mônaco.

 

Também participará das comemorações Alain Prost, tetracampeão do mundo de F1, Embaixador da Renault e consultor especial da Renault Sport Racing, que vai estar ao volante de seu RE40. O francês venceu provas em Paul Ricard, Spa, Silverstone e Österreichring com o RE40, pilotando o primeiro chassi em fibra de carbono concebido pela Renault, chegando perto de conquistar o título em 1983, faltando apenas dois pontos.

 

Para dar destaque ao know-how inigualável da Renault em seus 40 anos de F1, o piloto da Equipe Renault Sport de Fórmula 1 Nico Hülkenberg estará ao volante do Novo Mégane R.S., que fará sua primeira aparição oficial em público. O Novo Mégane R.S. será apresentado exclusivamente nas cores amarelo e preto, em pré-estreia ao lançamento programado para o Salão de Frankfurt de 2017.

 

A Equipe Renault Sport de Fórmula 1 prevê várias ações para comemorar o legado da marca Renault na F1 há 40 anos, com eventos que contarão com a presença de parceiros, convidados e grandes nomes que fazem parte da história de sucesso da Renault.

 

Nonô Figueiredo voltou a mostrar sua regularidade e mesmo com o lastro de 80kg no carro, peso extra que acompanha o carro do líder do campeonato, venceu a segunda corrida da rodada dupla da Copa Petrobras de Marcas em Santa Cruz do Sul, palco da segunda etapa da temporada 2017 da categoria. Vicente Orige e o jovem Enzo Bortoleto completaram o pódio. 

"Se der para manter essa regularidade vai ser fantástico, mas infelizmente acredito que não vai acontecer isso. Carregando 80kg, não é comum ter uma performance dessa, mas nesse final de semana deu tudo certo. Credito esse resultado mais às circunstâncias do que pelo meu desempenho, Tenho que agradecer o trabalho da equipe, deixaram o carro quase perfeito".

Pelo Marcas Trophy, campeonato para novatos, a vitória ficou com Elias Azevedo, seguido por Bruno Hofig e Marcio Basso.

A terceira etapa da Copa Petrobras de Marcas será realizada em Cascavel, no dia 11 de junho, Veja como ficou o resultado final da segunda corrida:

Veja como terminou a Corrida 2:

1) 11 Nonô Figueiredo (Chevrolet Cruze) - 27min27s041 em 16 voltas

2) 43 Vicente Orige (Chevrolet Cruze) - a 0s571

3) 85 Enzo Bortoleto (Ford Focus) - a 6s629

4) 57 Felipe Tozzo (Toyota Corolla) - a 8s970

5) 36 Pedro Boesel (Chevrolet Cruze) - a 9s674

6) 1 Thiago Marques (Renault Fluence) - a 10s020

7) 21 Elias Azevedo (Toyota Corolla) - a 27s787

8) 3 Luis dos Santos/Thiago Klein (Toyota Corolla) - a 31s462

9) 6 Roberto Hofing (Ford Focus) - a 59s667

10) 12 Marcio Basso (Chevrolet Cruze) - a 1 volta

11) 27 Renan Guerra (Chevrolet Cruze) - a 2 voltas

12) 74 Odair dos Santos (Toyota Corolla) - a 8 voltas

13) 33 Patrick Choate (Renault Fluence) - a 12 voltas

14) 28 Carlos Souza (Chevrolet Cruze) - a 15 voltas

15) 66 Enrico Bucci (Ford Focus) - a 15 voltas

 

Classificação do campeonato (5 primeiros):

1. Nonô Figueiredo - 83 

2. Enzo Bortoleto - 64

3. Felipe Tozzo - 60

4. Pedro Boesel - 53

5. Vicente Orige - 51

A edição 2017 da corrida mais valiosa do automobilismo brasileiro já tem um palco definido. A nona Corrida do Milhão será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, no dia 2 de julho. Essa será a primeira vez que a Capital Paranaense sediará a prova milionária. Até hoje, as outras oito edições aconteceram no Rio de Janeiro, em São Paulo e Goiânia.

Com a alteração na data da Corrida do Milhão, a etapa de Londrina será disputada no dia 10 de setembro. Tarumã entra na data anteriormente prevista para Curitiba, dia 22 de outubro, e Goiânia volta ao calendário para sediar a penúltima etapa do ano, no dia 19 de novembro.

"O Autódromo Internacional de Curitiba é um dos principais do país e apresenta ótimas condições para receber a Corrida do Milhão. A confirmação da principal corrida do calendário em Curitiba é uma forma de retribuir a paixão dos paranaenses pelo automobilismo, sempre temos os autódromos lotados em nossas passagens da pelo Estado. A Corrida do Milhão transformará Curitiba na capital do automobilismo nacional este ano", comentou Rodrigo Mathias, diretor geral da Vicar, empresa promotora da categoria.

A pista na capital paranaense é a segunda que mais vezes recebeu a Stock Car, com 58 provas disputadas. O maior vencedor no AIC é o multicampeão Ingo Hoffmann, com nove vitórias. Já quando o assunto é Corrida do Milhão, Thiago Camilo é o recordista de conquistas, com três. Além dele, Valdeno Brito, Ricardo Maurício, Ricardo Zonta, Rubens Barrichello e Felipe Fraga também venceram a prova milionária.

"Muito acima da parte financeira, a vitória na Corrida do Milhão marca a carreira do piloto, é uma disputa à parte do campeonato, como as 500 Milhas de Indianápolis são para a Fórmula Indy. Já venci duas vezes em Interlagos e uma em Goiânia, e acho muito legal a prova ir para Curitiba, o Paraná sempre prestigiou muito o automobilismo e merece sediar a Corrida do Milhão. Quanto à pista particularmente, a Mattheis tem um bom retrospecto lá e minhas três vitórias em Curitiba foram muito representativas na minha carreira", comentou Camilo, que além de tricampeão da Corrida do Milhão, venceu a última prova disputada em Curitiba, no ano passado.

O campeonato Sulamericano de Stock Car tem, como patrocínio master, as gigantes Petrobras e Pirelli, além da Chevrolet como montadora oficial da categoria. Para a Corrida do Milhão, a BBMapfre, já seguradora oficial da temporada 2017, assume um posto de patrocinadora e destaque na categoria.

Calendário 2017:

21/05 - Santa Cruz do Sul

11/06 - Cascavel

02/07 - Curitiba - Corrida do Milhão

23/07 - Curvelo

06/08 - Velo Città 

10/09 - Londrina

01/10 - Buenos Aires

22/10 - Tarumã

19/11 - Goiânia

10/12 - Interlagos

 

Vencedores da Corrida do Milão:

2008 - Valdeno Brito

2010 - Ricardo Maurício

2011 - Thiago Camilo

2012 - Thiago Camilo 

2013 - Ricardo Zonta

2014 - Rubens Barrichello

2015 - Thiago Camilo

2016 - Felipe Fraga

Três das oito vagas disputadas neste final de semana, na seletiva nacional, no Canal Itaipu, nas instalações da usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu, no Paraná, ficaram com atletas do Instituto Meninos do Lago. Os canoístas Felipe Borges, Leonardo Curcel e Ana Sátila representarão o Brasil na temporada 2017 na Copa do Mundo e Mundial Sênior de canoagem.

Além deles, Guilherme Rodrigues, Omira Maria e Marina Souza estarão no Mundial Júnior e Sub-23. A seletiva ocorreu simultaneamente com as provas da segunda etapa da Copa Brasil de Canoagem Slalom, que reuniu 127 canoístas. O projeto social Meninos do Lago atende mais de 120 atletas em Foz do Iguaçu e é mantido pela Itaipu Binacional.

No C1 Masculino Sênior, Felipe Borges, do Instituto Meninos do Lago (IMEL), foi o mais rápido na água e garantiu a vaga internacional e também o lugar mais alto do pódio na sua categoria. Com o tempo de 89.47, ele ficou 1.71 segundos à frente do seu conterrâneo Leonardo Curcel. Ambos são de Foz do Iguaçu. Felipe dedicou a vitória à mãe dele. “Estou muito feliz. Minha conquista é também da minha mãe, Isolde”.

Pelas categorias femininas do K1 e C1, Ana Sátila continua imbatível. A atleta conseguiu vencer com facilidade. “Vamos para mais uma temporada;  vou buscar mais uma medalha internacional”. No ano passado, ela conquistou uma prata em Praga, República Tcheca.

No K1 Masculino Júnior, Guilherme Rodrigues (IMEL) esteve próximo do índice dos principais atletas brasileiros. Com o tempo de 86.46 segundos, ele conquistou o pódio da segunda etapa da Copa Brasil. No ranking geral, o atleta ficou em quarto lugar. Pelo K1 Feminino Júnior, Omira Estância estará representando o Brasil junto com Marina Souza e Ana Sátila no K1 Feminino Sub-23. As duas são atletas do IMEL.

Um show à parte foi dado por Wesllen de Souza, do projeto social Meninos do Lago. O atleta, de 12 anos, do K1 Masculino Menor, garantiu o sexto lugar na competição, mas conquistou o público com sua alegria.

Pontuação por equipes

O Instituto Meninos do Lago (IMEL) fez quase o dobro de pontos do segundo colocado a APEN – Associação Pirajuense de Esportes Náuticos, seguidos pela ASCAPI de Piracicaba/SP com 550 pontos. O evento ao todo contou com a participação de sete associações.

“A canoagem tem trazido grandes resultados para a Itaipu. Estamos muito felizes porque este investimento se traduz em medalhas e oportunidades para nossos atletas, além de divulgação da nossa cidade”, avalia Márcio Bortolini, da Assistência da Diretoria Geral da Itaipu Binacional.

Fonte: Assessoria 

Com acréscimo de 20% no número de vagas, o Sesc PR abre o período de inscrições para a edição comemorativa de 10 anos da Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR. Serão ofertadas 1.000 vagas para maratona individual; 600 vagas para maratona de revezamento, ou seja, 300 duplas, e 1.400 para a corrida dos 11,5km até que o número máximo de vagas seja preenchido ou até o dia 1º de setembro.

Para segurança do atleta e para a prática consciente e saudável de atividades físicas, os inscritos devem apresentar, obrigatoriamente, atestado médico específico para atividade física, sem restrições, emitidos após a data de 24 de setembro de 2016.

A prova

A prova integra dois dos mais importantes e visitados cartões postais do Brasil. A largada é realizada ao lado do mirante do Vertedouro da Itaipu Binacional, com os primeiros 5,5km dentro da usina e, os últimos 11,5km e a chegada, ocorrem dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Os outros 25.195m são percorridos pelas ruas, avenidas e rodovias da cidade de Foz do Iguaçu.

Dividida em diversas categorias, a prova é aberta a atletas de ambos os sexos, com idade mínima de 18 anos (no revezamento e na corrida dos 11,5km) e na maratona individual para atletas com mais de 20 anos.

Durante o percurso, aferido pela Confederação Brasileira de Atletismo, os atletas terão à disposição postos de atendimento médico, distribuição de água, banheiros químicos, frutas e isotônicos, além de placas de sinalização e policiamento.

Outra novidade para 2017 é a premiação em espécie, do primeiro ao quinto colocados, da maratona de revezamento, que pode ser disputada no masculino, feminino ou mista. Cadeirantes e AcDs (atletas com deficiência) também serão premiados em espécie, do primeiro ao terceiro colocados.

A 10ª Maratona Internacional de Foz do Iguaçu Sesc PR é uma iniciativa do Sesc PR, integrante do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, em parceria com a Prefeitura de Foz do Iguaçu, com apoio do Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Foz do Iguaçu e da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Foz do Iguaçu, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Itaipu Binacional, com promoção da RPC.

Fonte: Assessoria

A Copa Petrobras de Marcas termina o final de semana de abertura da temporada 2017 com a vitória de Renan Guerra. Na segunda corrida da rodada dupla realizada neste domingo (23/04) no autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), o atual campeão Nonô Figueiredo termiou em segundo e assumiu a liderança do campeonato. Felipe Tozzo completou o pódio.

O pole da prova, Felipe Tozzo, consegui segurar o primeiro lugar por boa parte na corrida, mas a poucas voltas do fim, foi ultrapassado por Vicente Orige, vencedor da primeira corrida disputada no sábado. Mas após encontrar um trecho com óleo na pista, o dono do Chevrolet Cruze #43 não conseguiu segurar o carro e perdeu a posição para Nonô Figueiredo. nas voltas finais, o atual campeão foi ultrapassado por Renan Guerra, que garantiu o primeiro lugar com a entrada do carro de segurança na pista.

Com o resultado, Renan Guerra deixa a primeira etapa na vice-liderança do campeonato, com 35 pontos. "Desde começo do final de semana eu tinha um carro muito bom. Perdi algumas posições no começo da corrida, pois foi uma prova com muito imprevisto, com óleo na pista no fim e fui administrando para segurar o carro. Aproveitei um erro do Nonô pra dar o bote e ultrapassá-lo e na sequência entrou o carro de segurança. Atingimos nossa meta de pontos e vamos bem para próxima etapa do campeonato", destaca o piloto que conduz um Chevrolet Cruze.

A liderança do campeonato ficou com Nonô Figueiredo, segundo colocado nas duas corridas realizadas no Velopark. "Foi uma corrida bastante confusa, larguei em sétimo e o lastro de 60 quilos prejudica a performance. Consegui administrar bem a corrida, mas meu carro teve um problema na suspensão, se não tivesse o carro de segurança não conseguiria terminar. Hoje foi um dia de sorte, aliada com a competência da equipe. Saio extremamente feliz com a liderança do campeonato", comentou o piloto do Cruze #11.

Fonte: Vicar

 

Thiago Camilo e Daniel Serra dividem a liderança da Stock Car na temporada 2017, com vantagem para Camilo nos critérios de desempate. Após a segunda rodada dupla, disputada neste domingo (23/04), no Velopark, o piloto da Ipiranga Racing foi o grande destaque do final de semana. O dono do carro #21 venceu a primeira corrida e chegou em nono na segunda, totalizando 39 pontos, a maior pontuação da etapa. Felipe Fraga foi o vencedor da segunda prova e comemorou seu retorno ao lugar mais alto do pódio.

Agora Camilo e Daniel Serra dividem a liderança com 69 pontos. Max Wilson aparece na terceira colocação com 56 pontos. Os carros voltam à pista em Santa Cruz do Sul, dia 21 de maio, para a terceira rodada dupla do campeonato. 

Corrida 1:

Com a vantagem de partir da pole position, Thiago Camilo se manteve na liderança após a largada, com Cacá Bueno em segundo e Ricardo Maurício em terceiro. Nem mesmo as entradas do carro de segurança ameaçaram a liderança de Camilo.

A primeira delas foi ocasionada pelo acidente envolvendo o gaúcho Vitor Genz, Ricardo Zonta e Átila Abreu. Após a janela para reabastecimento, o carro de segurança entrou mais uma vez na pista por conta do acidente envolvendo Cesar Ramos e Bia Figueiredo. Mesmo com a aproximação de Cacá Bueno, Thiago Camilo manteve o ótimo desempenho do carro e cruzou a linha de chegada, conquistando sua primeira vitória no Velopark.

"Foi uma vitória relativamente tranquila, mas foi uma pena ter entrado o carro de segurança, tinha uma vantagem grande para essa pista. Comecei a ter um problema no carro, devido a um acidente durante os treinos que quebrou o amortecedor e acabei sofrendo um efeito colateral na corrida por conta disso. De um modo geral, chegamos aqui sete pontos arás e assumimos a liderança, ainda com uma vitória", destacou Camilo. 

Andreas Mattheis, chefe da equipe Ipiranga Racing, não revela o segredo para conquistar sua sexta vitória no Velopark desde que o autódromo entrou para o calendário da Stock Car em 2011. "O segredo eu não posso contar porque ainda vamos ter mais corridas aqui. O piloto faz toda a diferença na categoria e o carro precisa estar ajustado. Temos uma receita boa, trabalhos muito bem para conseguir esse resultado", comentou Mattheis.

Veja como terminou a Corrida 1:

1) 21 Thiago Camilo - a 40min57s747

2) 0 Cacá Bueno- a 1s529

3) 90 Ricardo Maurício - a 2s090

4) 29 Daniel Serra - a 2s813

5) 80 Marcos Gomes a 2s860

6) 65 Max Wilson - a 5s764

7) 111 Rubens Barrichello - a 6s963

8) 77 Valdeno Brito - a 7s707

9) 83 Gabriel Casagrande- a 8s927

10) 88 Felipe Fraga- a 9s990

11) 25 Tuka Rocha - a 10s114

12) 4 Júlio Campos- a 11s389

13) 73 Sergio Jimenez - a 11s605

14) 1 Antonio Pizzonia - a 13s449

15) 8 Rafael Suzuki - a 15s008

16) 5 Denis Navarro - a 15s734

17) 31 Marcio Campos - a 18s337

18) 9 Guga Lima - a 20s837

19) 18 Allam Khodair - a 1 volta

20) 44 Betinho Valério - a 1 volta

21) 12 Lucas Foresti - a 4 voltas

Não completaram 75% da prova

22) 117 Guilherme Salas - a 9 voltas

23) 70 Diego Nunes - a 9 voltas

24) 110 Felipe Lapenna - a 10 voltas

25) 3 Bia Figueiredo - a 14 voltas

26) 30 Cesar Ramos - a 15 voltas

27) 51 Átila Abreu - a 21 voltas

28) 10 Ricardo Zonta - a 28 voltas

29) 46 Vitor Genz 

30) 28 Galid Osman

*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Corrida 2:

Já a segunda prova foi marcada por incidentes e trocas de posição. Felipe Fraga e Gabriel Casagrande se alternaram na liderança da prova até as paradas boxes. Após a janela de pit stops um forte acidente envolvendo Antonio Pizzonia e Lucas Foresti provocou a entrada do safety car. Foresti sofreu um corte na perna e, devido a força da pancada, foi a um hospital apenas para exames complementares. Pizzonia foi punido por atitude antidesportiva e vai largar na última posição da Corrida 1 em Santa Cruz do Sul.

"No meio da corrida quando o carro de segurança entrou comecei a acreditar na vitória. A estratégia da equipe nas duas corridas muito boa, tinha três botões de ultrapassagem para usar, mas meu chefe me proibiu por conta do combustível que estava no fim. Estou muito feliz por voltar a vencer e dar para a Cimed a primeira vitória do ano. Estou um pouco atrás dos demais, ainda não estou na disputa pela ponta da tabela. Hoje deu tudo certo, mas temos que trabalhar bastante ainda", destaca o atual e mais jovem campeão da Stock Car.

Veja como terminou a segunda corrida:

1) 88 - Felipe Fraga - 39 voltas em 41min31s902

2) 77 - Valdeno Brito - a 2s173

3) 80 - Marcos Gomes - a 2s991

4) 51 - Átila Abreu - a 3s990

5) 111 - Rubens Barrichello - a 4s479

6) 10 - Ricardo Zonta - a 5s395

7) 29 - Daniel Serra - a 6s463

8) 90 - Ricardo Maurício - a 9s250

9) 21 - Thiago Camilo - a 10s559

10) 117 - Guilherme Salas - a 14s660

11) 25 - Tuka Rocha - a 24s610

12) 73 - Sergio Jimenez - a 27s284

13) 83 - Gabriel Casagrande - a 30s206

14) 9 - Guga Lima - a 31s464

15) 8 - Rafael Suzuki - a 42s181

16) 70 - Diego Nunes - a 1 volta

17) 0 - Cacá Bueno - a 6 voltas

Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato:

1. Thiago Camilo - 69 

2. Daniel Serra - 69 

3. Max Wilson - 56

4. Ricardo Mauricio - 51 

5. Átila Abreu - 51

6. Felipe Fraga - 49

7. Cacá Bueno - 47

8. Rubens Barrichello - 41

9. Marcos Gomes - 39

10. Valdeno Brito - 31

11. Ricardo Zonta - 30

12.Tuka Rocha - 25

13. Rafael Suzuki - 18

14. Galid Osman - 17

15. Denis Navarro - 17

16. Gabriel Casagrande - 14

17. Sergio Jimenez - 14

18. Cesar Ramos - 12

19. Diego Nunes - 12

20. Guilherme Salas - 12 

21. Antonio Pizzonia - 10

22. Allam Khodair - 10

23. Felipe Lapenna - 9

24. Julio Campos - 9

25. Lucas Foresti - 6

26. Vitor Genz - 6

27. Guga Lima - 5

28. Marcio Campos - 4

29. Betinho Valério - 3

30. Bia Figueiredo - 0

Fonte: Vicar

O autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita, região metropolitana de Porto Alegre, recebeu neste sábado a primeira corrida da rodada dupla da etapa de abertura da temporada 2017 da Copa Petrobras de Marcas. O grande vencedor da prova realizada no circuito gaúcho de 2.278 metros foi o catarinense Vicente Orige. O piloto da JLM Racing (Chevrolet) largou na pole e conseguiu segurar a pressão do atual campeão da categoria, Nonô Figueiredo (Chevrolet), que ficou em segundo. Thiago Marques, da Toyota, completou o pódio.

"Desenvolvemos bem o carro, andamos sempre na frente durante os treinos. Assim como no classificatório, o carro estava bem regular na corrida. Não consegui abrir muita vantagem em relação ao Nonô Figueiredo, mas consegui controlar a pressão. A equipe está de parabéns. Para a segunda corrida muda bastante, com o lastro de 80 quilos e largando atrás devido ao grid invertido, o equilíbrio do carro muda um pouco. Mas vamos fazer algumas mudanças para conseguir uma boa colocação e deixar o Velopark na liderança", comentou Orige, lembrando o lastro de sucesso que acompanha os oito primeiros colocados no campeonato - sendo 80 para o líder, 70 para o segundo, 60 para o terceiro, 50 para o quarto, 40 para o quinto, 30 para o sexto, 20 para o sétimo e 10 para o oitavo.

Segundo colocado na prova, Nonô Figueiredo elogiou a disputa com Orige. "A expectativa de como o carro se comportaria era muito grande. Fizemos só um treino e estava preocupado com a confiabilidade do carro na primeira corrida e esse foi o nosso foco. Tentei pressionar o Vicente para ver se ele facilitava a ultrapassagem, mas ele pilotou muito bem. Não podíamos pensar em um começo de ano melhor", comentou Nonô. No ano passado, Vicente Orige e Nonô também fizeram dobradinha na primeira corrida realizada no Velopark.

Thiago Marques, terceiro colocado na prova, ficou feliz pelo resultado e o trabalho realizado pela equipe sem realizar testes antes da etapa. "Chegamos cru para desenvolver o carro, mas foi uma corrida boa. Saio daqui feliz e com a sensação de dever cumprido. Com o lastro de 60 quilos vamos perder um pouco de competitividade, mas vamos tentar chegar entre os primeiros", destaca o piloto do Toyota Corolla #1.

Marcas Trophy

A Copa Petrobras de Marcas terá um campeonato à parte nesta temporada, que premiará os pilotos estreantes na categoria. Na primeira corrida de 2017, o lugar mais alto do pódio do Marcas Trophy foi de Enzo Bortoleto, que terminou a prova na quinta colocação geral, com Marcio Basso em segundo, e Roberto Hofig, terceiro.

"Estou feliz em disputar esse campeonato paralelo e já começar pontuando. Tivemos pouco tempo para conhecer o carro e tivemos alguns problemas durante os treinos. Agora inverte o grid e tem o lastro extra de 40 quilos. Nunca andei com esse peso a mais no carro. Espero dar o meu melhor, estou me adaptando a cada volta na pista", afirma Bortoleto, que comanda na categoria um Ford Focus.

A segunda corrida da etapa de abertura da Copa Petrobras de Marcas no Velopark será realizada neste domingo, a partir das 10h, com transmissão ao vivo pelo EIMAXX 2.

Veja como ficou a classificação final da primeira corrida da Copa Petrobras de Marcas:

1) 43 Vicente Orige (Chevrolet Cruze) - 

2) 11 Nonô Figueiredo (Chevrolet Cruze) - a 0s603

3) 1 Thiago Marques (Toyota Corolla) - a 13s882

4) 36 Pedro Boesel (Chevrolet Cruze) - a 24s612

5) 85 Enzo Bortoleto (Ford Focus) - a 26s577

6) 27 Renan Guerra (Chevrolet Cruze) - a 27s661

7) 28 Carlos Souza (Chevrolet Cruze) - a 29s252

8) 57 Felipe Tozzo (Toyota Corolla) - a 41s173

9) 12 Marcio Basso (Chevrolet Cruze) - a 41s406

10) 6 Roberto Hofig (Ford Focus) - a 2 voltas

11) 33 Patrick Choate (Toyota Corolla) - a 3 voltas

12) 66 Enrico Bucci (Ford Focus) - a 5 voltas

Não completou 75% da corrida

13) 74 O. Santos/L. Santos (Toyota Corolla)

*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

 

Grid de largada para a Corrida 2:

1) 57 Felipe Tozzo (Toyota Corolla)

2) 28 Carlos Souza (Chevrolet Cruze)

3) 27 Renan Guerra (Chevrolet Cruze)

4) 85 Enzo Bortoleto (Ford Focus)

5) 36 Pedro Boesel (Chevrolet Cruze)

6) 1 Thiago Marques (Toyota Corolla) 

7) 11 Nonô Figueiredo (Chevrolet Cruze)

8) 43 Vicente Orige (Chevrolet Cruze) 

9) 12 Marcio Basso (Chevrolet Cruze)

10) 6 Roberto Hofig (Ford Focus)

11) 33 Patrick Choate (Toyota Corolla)

12) 66 Enrico Bucci (Ford Focus)

13) 74 O. Santos/L. Santos (Toyota Corolla)

 Fonte: Vicar

Foto: Fábio Davini (Vicar)

O autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita, região metropolitana de Porto Alegre, recebe neste final de semana a etapa de abertura da temporada 2017 da Copa Petrobras de Marcas. O circuito gaúcho de 2.278 metros foi palco nesta sexta-feira (21/04) dos treinos livres da categoria e dois nomes despontam como possíveis destaques para a rodada dupla.

Renan Guerra liderou dois dos três treinos realizados e ficou com o segundo melhor tempo do dia, com o tempo de 1min00s270 com seu Chevrolet Cruze #27. "Só tenho que agradecer a equipe, os mecânicos finalizaram o carro em cima da hora. Desde o primeiro momento que eu fui para a pista o carro se mostrou rápido, conseguimos testar muitas coisas e ainda não passamos pneu novo. A expectativa está além do que esperávamos. A largada aqui é crítica, precisamos nos livrar das batidas e garantir o maior número de pontos", destaca o piloto de 27 anos.

Atual campeão da Copa Petrobras de Marcas, Nonô Figueiredo deu sinais de que pode brigar pelo título novamente ao ser o mais rápido do dia com o tempo de 1min00s220 com o Chevrolet Cruze #11. "Hoje o campeonato começou para todo mundo. Estou contente em andar na categoria novamente e vou defender meu título da melhor forma. Bom ver pilotos novos competindo. Tudo pode acontecer no classificatório de amanhã. O objetivo é sair daqui com o maior número de pontos nas duas baterias", comentou o piloto.

O treino classificatório que definirá o grid de largada será realizado neste sábado, a partir das 08h40. A primeira corrida acontece no mesmo dia, com largada prevista para as 11h30 e transmissão ao vivo pelo canal EIMAXX.

Veja como ficou o acumulado do primeiro dia de treinos:

1) 11. Nonô Figueiredo (Chevrolet Cruze) - 1:00.220

2) 27. Renan Guerra (Chevrolet Cruze) - 1:00.270

3) 28. Carlos Souza (Chevrolet Cruze) - 1:00.467

4) 12. Pedro Boesel (Chevrolet Cruze)- 1:00.613

5) 1. Thiago Marques (Toyota Corolla) - 1:01.081

6) 57. Felipe Tozzo (Toyota Corolla) - 1:01.333

7) 85. Enzo Bortoletto (Ford Focus) - 1:01.368

8) 12. Marcio Basso (Chevrolet Cruze) - 1:01.469

9) 74. O. Santos/L. Santos (Toyota Corolla) - 1:01.489

10) 66. Enrico Bucci (Ford Focus) - 1:02.917

11) 33. Patrick Choate (Toyota Corolla) - 1:03.047

12) 26. Roberto Hofig (Ford Focus) - 1:05.084

13) 43. Vicente Orige (Chevrolet Cruze) 

Sábado, 22 de abril

08h15 - 08h25 - Warm-up Copa Petrobras 

08h40 - 08h50 - Classificação Copa Petrobras 

11h30 - Largada Corrida 1 - Copa Petrobras 

Domingo, 23 de abril

10h00 - Largada Corrida 2 Copa Petrobras