Padronização da velocidade ajuda a preservar o carro 

Lançamentos
Typography

Manter uma velocidade constante no veículo, e, agora, se não fizer isso em algumas cidades como São Paulo o motorista será multado, ajuda não apenas a evitar acidentes, mas a preservar o bom estado do carro, aumentando sua vida útil e reduzindo o consumo de combustível. 

O fato é que a exigência ajuda a preservar o bom estado do veículo, aumentando sua vida útil. Segundo informações da fabricante mundial de amortecedores Monroe, manter a velocidade limite diminui o trabalho da suspensão.

Também a regra exigida em São Paulo provoca a diminuição da intensidade de absorção dos choques e vibrações. O impacto de passar em um buraco ou lombada a 50 km/h é menor do que a 70 km/h, o que prolonga a durabilidade da suspensão. Em baixa velocidade também haverá uma parada mais curta e um trabalho um pouco mais suave dos componentes do freio.

De acordo com especialistas, a redução da velocidade também promove a diminuição do consumo de combustível. Porém é importante salientar que os congestionamentos, a pressão dos pneus, a rotação do motor, as constantes trocas de marcha, o uso do ar-condicionado e, até mesmo, o rodar com as janelas abertas diminuem essa economia.

Outras ações como revisar o veículo periodicamente, seguindo as instruções da fabricante, abastecer com combustível de qualidade e instalar peças com o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) também ajudam na conservação do veículo e segurança do motorista e passageiros.

 

e-max.it: your social media marketing partner