Sobre Rodas listou 10 carros com descontos para portadores de deficiência (PcD). Saiba como conseguir o benefício

Lançamentos
Typography

Até pouco tempo as pessoas com deficiência precisavam comprar automóveis e fazer adaptações, se quisessem ter mais liberdade e dirigir o próprio carro. Hoje, os chamados PcD são o grande nicho de mercado das montadoras. Tudo porque as pessoas com deficiência chegam a ter 30% de desconto em impostos na hora de comprar seu automóvel. E ainda, ficam isentas do Imposto Veículos automotivos (IPVA). Claro, para carros na faixa de até R$ 70 mil.

Com base nesses benefícios, esse mercado vem impulsionando as vendas. É o que mais cresce no Brasil: quase 30% nos últimos anos.

Em 2015 foram vendidos 106 mil veículos para pessoas com deficiência. Em 2016, de acordo com dados Associação Brasileira da Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Assistiva (Abridef), foram entregues 137 mil unidades 

Afinal, os PcDs representam 20% da população brasileira, mais precisamente 46 milhões de pessoas. Segundo dados das montadoras, do total, 40 milhões tem condições de comprar um veículo.

Para atender a esse público, as fábricas tem lançados versões especiais para atender a esse público. A Sobre Rodas pesquisou 10 modelos que ficam com preços bem abaixo do de mercado. 

Confira

- Renault Captur, na versão Life 1.6 (cor branca) sai por R$ 54.126,37. Se for financiado pelo Banco Renault, o motorista pode escolher a cor, inclusive o biton. 

- Fiat Cronos -  R$ 51.986,00

- Honda City – R$ 53.700,00

- Nissan Kicks S 1.6 – R$ 54.000,00

- Toyota Etios Sedan – R$ 48.047,00

- Chevrolet Prisma LT 1.4 – R$ 46.300,00

- Chevrolet Cobalt LTZ – R$ 48.900,00

- Ford EcoSport 1.6 SE – R$ 56.990,00

- Ford New Fiesta Sedan 1.6 – R$ 53.900,00

- Hyundai Creta Attitude 1.6 automático  - R$ 54.662,16

Passo a Passo para conseguir o benefício

Vale lembrar que para obter o benefício é preciso fazer adaptação da carteira de motorista. Os exames são feitos pelos médicos peritos do Departamento de Trânsito Brasileiro (Detran). Os mais próximos são em Cascavel e Londrina. 

Com a carteira adequada, o condutor precisa preencher um formulário no site da Receita Federal solicitando a isenção do IPI e IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). O resultado sai em até 72 horas. O pedido pode ser feito pelo site da Receita: (sisen).  Após aprovado, o condutor terá isenção de ambos os impostos federais na compra de um veículo.

Depois de escolhido o carro, é possível também conseguir a isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Para tanto, é preciso solicitar uma carta na concessionária indicando o modelo do carro e junto com os documentos pessoais e a CHN, entregar na Receita Estadual. A resposta chega em 15 dias, em média.

O condutor PcD também é isento de IPVA. Depois de emplacado o carro volta à Receita Estadual e solicita a isenção.

Mas há uma regra, é preciso ficar com o automóvel por, no mínimo, dois anos. 

São mais de 30 doenças enquadradas como PcD. (Em breve a lista das doenças)

Abilene Rodrigues 

e-max.it: your social media marketing partner