Sistema de compartilhamento de veículos da Itaipu está sendo apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo

Lançamentos
Typography

O sistema de compartilhamento de veículos elétricos utilizado na Itaipu Binacional está sendo apresentado ao público do 30º Salão do Automóvel de São Paulo, que, este ano, tem como foco principal, a mobilidade elétrica.

A abertura da feira, considerada a maior da indústria automobilística da América Latina, ocorreu nessa quinta-feira (8) e prossegue até dia 18, no São Paulo Expo, em São Paulo. A expectativa da organização é receber 700 mil visitantes.

Itaipu divide um estande de 16 metros quadrados com a Renault, parceria no projeto Veículo Elétrico (VE), ao lado da arena New Mobility Trends and Future. Pela primeira vez no Salão, a arena é um espaço de debate sobre o futuro da mobilidade com conteúdo, experiência, inovação e exposição. Ao longo dos 10 dias de feira, serão 32 palestras.

MoVE

No estande, Itaipu demonstra como funciona a MoVE, plataforma desenvolvida por técnicos da binacional e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI) para administrar o compartilhamento veicular dentro da área da usina.

Através de um aplicativo de celular, a MoVE permite que os 150 usuários visualizem quantas viagens já foram feitas, os percursos, a quantidade de CO2 deixados de emitir, façam novas reservas de veículos e acompanhem a autonomia do carro (carga da bateria).

Embora a Itaipu já utilize mecanismos de compartilhamento de veículos desde 2013, a MoVe entrou em funcionamento em março de 2018. Desde então, os 17 Renault Twizy do pool, já percorreram 17 mil quilômetros, divididos em 5.659 viagens. Nesses sete meses, foi possível evitar a emissão de 5,18 toneladas de CO2e na atmosfera. O Twizy é um carro com capacidade para duas pessoas e tem uma autonomia de 80 km.

Segundo Guilherme dos Santos (AM.GB) o compartilhamento de veículos otimizou a frota e facilitou a locomoção dos empregados dentro da área industrial. “Itaipu tem muitos escritórios, alguns chegam a estar até 15 quilômetros de distância um do outro. Os twizys facilitou a rotina”, disse. 

Helder Vinicius Scherer, um dos desenvolvedores do sistema, explicou que o objetivo de apresentar a MoVE no Salão é justamente mostrar a outras empresas e instituições as vantagens do uso coletivo de veículos e a eficiência da plataforma. “Apesar de ter sido desenvolvida para atender as demandas da Itaipu, nada impede que seja levada levada para outras empresas”, explicou.

Frota

O resultado positivo do uso da MoVE, já desperta nos coordenadores do projeto e na direção da empresa o interesse em utiliza-la em toda a frota.

Hoje, Itaipu tem uma frota de 400 veículos. Do total, 100 são movidos a eletricidade.

O Salão

O Salão do Automóvel de São Paulo ocorre a cada dois anos. O objetivo é oferecer ao visitante a oportunidade de conhecer lançamentos, tecnologias de mobilidade urbana e modelos admirados em todo o mundo pelo design, potência, luxo e inovações nas quatro rodas.

Nesta edição, o foco é a mobilidade elétrica. Todas as montadoras apresentaram ou disponibilizaram para venda, carros movidos à eletricidade.

Texto e Fotos: Abilene Rodrigues

 

e-max.it: your social media marketing partner