O Ford Ka é o hatch compacto que tem o seguro mais barato do segmento, segundo o levantamento periódico realizado pela Mapfre, seguradora parceira do programa de Seguros Ford. O custo médio nacional da apólice do Ka, calculado com base no local de residência do segurado, sem perfil do condutor, é de 3,2% do preço do veículo – o que, em termos absolutos, representa um valor 45% menor que o do concorrente mais próximo.

Essa diferença se deve, em grande parte, ao conteúdo tecnológico que o hatch da Ford oferece, somando baixo custo de manutenção e reparabilidade com itens de segurança como controle eletrônico de estabilidade e assistência de partida em rampa, disponíveis na versão SEL, que ajudam na prevenção de acidentes.

Essas vantagens são uma característica do projeto avançado do veículo, que se destaca também pela dirigibilidade. O modelo vem de série com assistência elétrica da direção e freios ABS com distribuição eletrônica, controle de frenagem em curvas e luzes de frenagem de emergência, que piscam para alertar os motoristas de trás nessa condição.

Travamento automático das portas, apoio de cabeça e cintos de segurança de três pontos para todos os passageiros, aviso de portas abertas, desembaçador do vidro traseiro, ganchos Isofix para cadeiras infantis e faróis com temporizador são outros itens de série.

 

A Ford Ásia-Pacífico divulgou as primeiras imagens de uma versão off-road de alto desempenho da picape Ranger, que deve chegar aos mercados da região em 2018. Chamada Ranger Raptor, família que já faz sucesso na linha F-150, a nova picape é inspirada em modelos de competição no deserto.

A Ranger Raptor fará parte da linha de veículos da divisão Ford Performance, responsável pela criação e desenvolvimento de carros e picapes esportivos de alto desempenho. Projetada para atender um público que busca altas doses de adrenalina, a Raptor chama a atenção pela robustez e promete uma capacidade off-road inédita no segmento. Compartilhando o mesmo nome da F-150 Raptor, a picape de produção mais radical do mundo, ela vai inaugurar uma nova classe entre os veículos médios off-road de alto desempenho.

Líder de vendas em vários mercados da Ásia-Pacífico, a Ranger combina na versão Raptor uma aparência forte e radical com recursos fora de estrada ainda mais avançados. Ela se junta à F-150 Raptor para ampliar o DNA da Ford Performance, complementando a linha de modelos de estrada de alta performance formada pelo Ford GT, Mustang Shelby, Focus RS, Focus ST e Fiesta ST.

Soluções focadas em mobilidade urbana sustentável de maneira criativa: é isso que Fabio Cossini, arquiteto corporativo em soluções para IoT da IBM, leva ao palco do Congresso “Empreendedorismo, Design e Inovação em mobilidade a favor do clima", parte da grade da 13ª edição do Salão Latino-Americano de Veículos Híbridos-Elétricos,  no dia 22 de setembro, às 16h30. O executivo apresenta o case do Olli, veículo da Local Motors totalmente focado na experiência do usuário, com base na conectividade e computação cognitiva e a mobilidade urbana para o futuro.

A ideia é que seja possível ter uma malha viária que reconheça os passageiros e elucide dúvidas, por meio de interação e reconhecimento de necessidades. Atualmente, existem cerca de 10 veículos construídos pela Local Motors. Os micro-ônibus são fabricados com componentes confeccionados por meio de impressoras 3D.

Para conferir a programação completa do Congresso Componentes e Novas Tecnologias dos dias 21 e 22 de setembro no Expo Center Norte, em São Paulo (SP), acesse: http://www.velatinoamericano.com.br/