O Opala foi apresentado ao público no Salão do Automóvel de 1968 como o primeiro automóvel de passeio fabricado pela Chevrolet no país e logo se transformou em um dos modelos mais desejados do mercado.

Fabricado em Resende (RJ) com qualidade japonesa, equipamentos diferenciados e um design atraente, o Nissan Kicks teve suas qualidades reconhecidas novamente pela imprensa especializada. Desta vez o crossover urbano, que é um dos modelos mais vendidos do segmento desde seu lançamento em 2016, foi indicado como a melhor opção entre modelos que custam de R$ 80 mil a R$ 90 mil no guia de compra "Compra Certa", organizado anualmente pela revista especializada Car and Driver Brasil. A versão SV do modelo destacou-se na sua categoria e na comparação com outros segmentos, como de sedãs, hatches e picapes.

Além do conhecimento e habilidades necessários para ter o pleno controle do veículo em movimento, o trânsito requer 100% de atenção ao volante. Normalmente, as situações críticas, que requerem manobras de emergência, ocorrem inesperadamente e precisamos tomar decisões em milésimos de segundo. O celular é um vilão. 

O ressurgimento do segmento de sedãs compactos médios começou com o lançamento do Volkswagen Virtus e do Fiat Cronos. Na onda, a Honda reestilizou o compacto City. A Toyota entra no páreo com o Yaris, modelo que já está sendo produzido na fábrica de Sorocaba (SP) e que será lançado em junho para o mercado brasileiro. O jornalista Roberto Nunes, especialista no setor há 16 anos, emparelhou o novíssimo Virtus com o moderninho City para mostrar quais sãs as qualidades e pontos fracos dos dois sedãs no Brasil.