Últimos dias. Moradores e turistas tem somente até domingo, 25, a oportunidade de ver do alto as Três Fronteiras. A roda-gigante itinerante de 27 metros de altura, instalada no Marco das Três Fronteiras, em Foz do Iguaçu, tem funcionamento diário, das 16 às 22 horas. 

 

Serviço

Roda-gigante do Marco das Três Fronteiras

Horário de funcionamento da roda-gigante: 16 às 22 horas

Período: até 25 de fevereiro

Valores do ingresso da roda-gigante:

Turista: R$ 30 (integral)

Moradores de Foz do Iguaçu: R$ 20

Observação. Criança até 3 anos, acompanhada de um adulto pagante, tem isenção.

Fotos: Marcos Labanca

Os Ministérios do Turismo do Brasil, da Argentina e da China assinarão um termo de irmanamento entre as Cataratas do Iguaçu e a Muralha da China, durante a Feira Internacional de Turismo de Shanghai, na China, entre os dias 16 e 18 de maio. No mesmo evento, serão apresentados os dois principais atrativos turísticos da Tríplice Fronteira, a usina de Itaipu e as Cataratas do Iguaçu.

Está aberto o cadastro de jovens, entre 16 e 24 anos, que tenham interesse em participar da edição de 2018 do Projeto Trilha Jovem, iniciativa do Polo Iguassu, com apoio da Itaipu Binacional e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI). São 180 vagas de formação na área de turismo (85 vagas), comércio (60) e programação de computadores (35). A formação acontece em fase presencial, no PTI, e é complementada em 80 horas atividades supervisionadas por um profissional.

Foto: Cristian Rizzi

Quem nunca sonhou em pilotar e quem sabe ser dono de uma Ferrari? Principalmente se for vermelha. O tamanho do sonho e do luxo, ao redor da marca do cavalinho, é tão grande que outras montadoras chegam a utilizá-la como cor em seus modelos, o “vermelho Ferrari”. A reportagem da Sobre Rodas pilotou a Ferrari 360 Modena, um cupê de duas portas, pela Rodovia das Cataratas, em Foz do Iguaçu.

Desde o dia 10, moradores de Ciudad del Este, no Paraguai, e de Puerto Iguazú, na Argentina, estão pagando tarifa reduzida para visitar os cinco atrativos do Complexo Dreamland Foz, em Foz do Iguaçu: Museu de Cera, Maravilhas do Mundo, Dreams ice bar, Vale dos Dinossauros e Super Carros.

Com tarifa promocional, o ingresso custa R$ 25 para o Museu de Cera, Maravilhas do Mundo e Vale dos Dinossauros. No Dreams ice bar, a entrada custa R$ 35. No Super Carros, a partir de R$ 90. 

Para receber o benefício, o visitante deve apresentar um comprovante de residência e um documento pessoal com foto. Do contrário, pagará o valor normal: R$ 50, com exceção do Super Carros. Também há descontos especiais na compra do passaporte completo.

 “Moramos em Ciudad del Este e sempre queremos visitar os atrativos de Foz, mas como pagamos valor cheio, às vezes, fica um pouco caro, principalmente, se vem a família toda”, disse a manicure Albi Ortiz. Com essa promoção, Albi acredita que não apenas ela, mas muitos outros paraguaios vão atravessar a fronteira com mais frequência para aproveitar as belezas de Foz. 

Para a gerente do Dreamland Foz, Paula Haito, a ideia da tarifa reduzida é justamente para atrair esses turistas. “Apesar de morarem em outros países, eles são nossos vizinhos. Nada mais justo que conceder desconto para quem divide, inclusive, alguns dos nossos atrativos”, afirmou.

Lindeiros

Além dos moradores de Ciudad del Este e Puerto Iguazú que passaram a pagar meia entrada para visitar o Dreamland Foz, tem o benefício as pessoas que moram em Foz do Iguaçu, nos municípios lindeiros ao Lago de Itaipu e ao Parque Nacional do Iguaçu. Também pagam tarifa reduzida crianças, idosos e professores. 

Confira quais são os municípios

Lindeiros ao Lago de Itaipu – Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Medianeira, Itaipulândia, Entre Rios do Oeste, São José das Palmeiras, Santa Helena, Diamante D’Oeste, Missal, Mundo Novo (MS), Guaíra, Terra Roxa, Mercedes, Marechal Cândido Rondon e Pato Bragado.

Lindeiros ao Parque Nacional do Iguaçu – Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Medianeira, Serranópolis do Iguaçu, Matelândia, Ramilândia, Céu Azul, Vera Cruz do Oeste, Santa Tereza do Oeste, Lindoeste, Santa Lúcia, Capitão Leônidas Marques e Capanema.

Os atrativos

Com temperatura a -11ºC, o Dreams ice bar, considerado o maior bar de gelo do mundo, faz os visitantes esquecerem o calor de Foz do Iguaçu, uma das cidades mais quentes do Brasil. E, ainda, viverem uma experiência gelada. O bar conta com uma estrutura de mais de 300 metros quatros, desses, 150 somente de área gelada. Os bancos, balcões, mesas, cadeiras e copos são esculpidos em gelo cristalino. O cenário pode mudar a qualquer momento. Com uma máquina exclusiva, o bar produz suas próprias esculturas. Para se divertirem com tranquilidade na pista de dança e tomar licores artesanais, produzidos por agricultores locais, adultos e crianças recebem jaquetas especiais. O Dreams ice bar funciona das 8h às 23h. 

No Vale dos Dinossauros, os visitantes podem percorrer uma trilha ao ar livre em meio a 20 dinossauros animatrônicos com movimentos e sons, relembrando o período pré-histórico. O maior deles é um T-Rex com cerca de 12 metros de altura. 

O Museu de Cera conta 90 personalidades do cinema, da televisão, do esporte, da política e da história do Brasil e do mundo, divididos em 16 cenários com as estátuas de cera. Todas em tamanho real.

No Maravilhas do Mundo, é possível conhecer os principais monumentos do mundo em miniatura. Entre eles o Coliseu, na Itália e Arco do Triunfo e Torre Eiffel, na França.

O Super Carros é uma opção para os apaixonados por velocidade e adrenalina. Nele, é possível pilotar ou andar como carona em belos carros esportivos: Chevrolet Camaro SS, Ford Mustang GT Premium e Ferrari F360 Modena F1. O passeio dura em média 20 minutos.

O endereço é Av. das Cataratas, 8.100, Foz do Iguaçu. Mais informações pelo telefone: (45) 3527-8100. Ou acesse a https://www.facebook.com/DreamlandFoz no facebook.

O Complexo Turístico Itaipu (CTI Brasil) registrou número recorde de visitação no carnaval. Entre sábado (10) e terça-feira (13), passaram pelos atrativos da usina hidrelétrica 13.404 turistas, número 6% maior que o registrado no mesmo período em 2017, quando 12.660 pessoas visitaram Itaipu. A visitação leva em conta apenas aos turistas da margem brasileira da empresa.

Há cerca de dois anos, a onda dos food trucks invadiu Londrina e deu cara nova à comida de rua. Sobre trailers, furgões ou trucks, eles agregaram valor e opções aos lanches de rua, antes concentrados nas tradicionais feiras da lua e nos "carrinhos" de sanduíche espalhados pela cidade.

Desde o início deste ano, os food trucks estão autorizados a ocupar espaços públicos, em feiras gastronômicas organizadas pela prefeitura, nas quais é possível experimentar desde pizza e chopp até sorvetes e churros, tudo artesanal. As feiras já ocorrem em cinco locais semanalmente, dentre eles, a Praça Nishinomiya, ao lado do Aeroporto Governador José Richa.

"Xuxão" Mendes, proprietário do truck de pizzas artesanais Poderoso Chefão - um dos pioneiros em Londrina - participa de quatro das cinco feiras semanais. Ele explica que o conceito dos food trucks é de agregar valor ao produto final, o que justifica, também, o preço mais elevado em relação aos tradicionais lanches de rua.

"Nosso produto é todo dia fresco. Eu uso carne, queijo de primeira...", explica. "Tem muito aventureiro nessa área, mas não é fácil trabalhar. Os critérios de legalização dos trucks também são maiores", afirma.

O Poderoso Chefão: um dos pioneiros em Londrina
Xuxão Mendes, do Poderoso Chefão

Xuxão está animado com o movimento nas feiras gastronômicas, assim como Otacílio Teles Filho e Fernando Araújo, proprietários do trailer Blitz da Batata. Há apenas quatro meses no ramo, os pintores ainda estão pagando o investimento inicial, mas já ambicionam dedicação exclusiva ao negócio em um futuro próximo.

"Hoje tem bastante variedade na rua e mudou bastante a visão das pessoas (sobre a comida de rua)", comenta Otacílio.

O casal Anny e Fernando Franzini concorda. Eles costumam frequentar as tradicionais feiras da lua e se animaram com a possibilidade de diversificar na feira de food trucks da Praça Nishinomyia.

Food trucks agregaram valor à comida de rua

"A gente vai muito na feira da lua, mas deu uma enjoada. Aqui é bem gostoso, um clima bem família, e mais perto de casa", diz Anny. A professora Edinalva Oliveira caminha às quartas-feiras na Praça Nishinomiya e comemorou a possibilidade de poder se refrescar com um chopp artesanal de um dos trucks após o treino.

"Eu saí da academia e do pilates para me exercitar ao ar livre e ainda posso tomar um refresquinho depois, adorei!", comemora.

Confira os dias e horários das feiras gastronômicas em Londrina:

Domingo - estacionamento do Zerão (onde acontece a Feira da Lua na quarta-feira), das 18h às 22h; Lago Igapó II (próximo ao cruzamento da Rua Joaquim de Matos Barreto com a Avenida Higienópolis), das 18h às 22h (NÃO OCORRE NESTE DOMINGO, 11 DE FEVEREIRO. RETORNA APÓS O CARNAVAL)

Quarta-feira - Praça Nishinomiya (ao lado do aeroporto), das 18h às 22h

Quinta-feira - Praça dos Três Poderes (Centro Cívico), das 15h às 21h

Sábado - Mercado Quebec, das 18h às 22h

Cecília França

O Dreams ice bar, maior bar de gelo do mundo, inaugurado em dezembro, ajudou o Complexo Dreams Foz, em Foz do Iguaçu, a contabilizar 85.186 visitas em janeiro.O montante de visitação é 17% superior ao registrado no primeiro mês do ano passado. Em janeiro de 2017, o complexo recebeu 76.149 turistas, divididos nos quatro atrativos: Dreamland – Museu de Cera, Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros e Super Carros. 

O Parque Nacional do Iguaçu, que abriga o maior conjunto de quedas d´água do mundo, abrirá uma hora mais cedo, às 8 horas, durante o Carnaval. De sábado, 10 de fevereiro, a segunda-feira, 12 de fevereiro, a unidade de conservação atenderá os visitantes das 8 às 17 horas. A medida tem o objetivo de melhor atender os visitantes. Todas as áreas da visitação turística receberão reforços de funcionários

Serviço:

Atendimento Parque Nacional do Iguaçu – Carnaval

Sábado (10), domingo (11) e segunda-feira (12): 8 às 17 horas

As ações de divulgação do Destino Iguaçu, como o lançamento do Passaporte Três Maravilhas, ajudaram a impulsionar os números do turismo de Itaipu no primeiro mês do ano. A usina registrou o melhor janeiro de sua história, com 126.371 visitantes, considerando as visitas turísticas e institucionais das duas margens da empresa – brasileira e paraguaia. Na comparação com o mesmo período do ano passado, que detinha o recorde anterior, o salto foi de 9,1%.

O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu registrou o maior crescimento do País em 2017, segundo dados publicados pela Infraero. De acordo com o levantamento, o aumento no volume de embarques e desembarques no aeroporto local foi de 17,64%, comparado a 2016. Durante todo o ano passado, cerca de 2,2 milhões de passageiros movimentaram o terminal. Nacionalmente, as margens de ampliação dos principais aeroportos ficaram entre 2% e 5%.

“Foz do Iguaçu é um destino que vem crescendo na preferência dos viajantes, e essa tendência de crescimento deve se manter em 2018”, afirma o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Obras de ampliação

Desde novembro de 2017, a pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu passa por obras de revitalização do pavimento. Os trabalhos consistem na substituição da capa asfáltica, fresagem e recomposição em toda a extensão da pista, além da pintura da sinalização horizontal.

Em dezembro do ano passado, ocorreu a licitação para elaboração dos projetos básico e executivo, além da execução das obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros. A licitação encontra-se em processo administrativo, com previsão de término neste este mês. A empresa vencedora também será responsável pela reforma do pátio de aeronaves, construção de guarita e reforma e ampliação dos sistemas elétricos do terminal, que ainda vai receber quatro pontes de embarque e desembarque (fingers).

O deputado federal Giacobo foi o grande responsável pela articulação junto ao Governo Federal na obtenção dos recursos necessários para as obras de repaginação do aeroporto. O Superintendente da Infraero, Joacir Araujo dos Santos, destaca a importância da atuação do deputado para a viabilização dos recursos.

“Sabemos que o país passa por dificuldades econômicas, mas graças ao apoio do Giacobo conseguimos tornar realidade essas obras”.