Receita vai restringir tráfego de caminhões na Ponte da Amizade

Turismo
Typography

A Receita Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal de Foz do Iguaçu restringirão a circulação de caminhões sobre a Ponte Internacional da Amizade - principal ligação entre o Brasil e o Paraguai -, em Foz do Iguaçu, a partir de 1º de outubro. 

 

Os caminhões não poderão cruzar a fronteira entre às 6h e 8h, em ambos os sentidos. O objetivo é melhorar o fluxo de veículos que cruzam a Ponte, priorizando a passagem de veículos de turismo, estudantes, trabalhadores, turistas e similares.

Segundo a Receita Federal, o tempo gasto na travessia de veículos sobre a Ponte, nas primeiras horas da manhã vem apresentando um aumento considerável. A restrição de tráfego de veículos de carga nesse horário podem reduzir o tempo de espera na fila. 

Enquadram-se como veículos de carga os caminhões provenientes do Porto Seco de Foz do Iguaçu, os caminhões em trânsito aduaneiro de outras localidades e carregados para exportação (material de construção e outras mercadorias) com destino ao Paraguai (ACI), as vans utilizadas como transporte de mercadorias amparadas pelo regime fronteiriço de “Mercado Interno”, com destino ao Paraguai.

Solicita-se, portanto, que os demais veículos não enquadrados como de carga que precisam cruzar a fronteira, a partir da data citada, aproveitem para fazer a travessia na janela a ser criada das 6h às 8h.

e-max.it: your social media marketing partner