Aeroporto de Foz terá capacidade para 4 milhões de passageiros

Turismo
Typography

Aeroporto de Foz do iguaçu será reformado. Ampliação das áreas de check-in, das salas de embarque e do saguão, instalação de quatro pontes de embarque e desembarque e reforma do pátio de aeronaves são melhorias que fazem parte do projeto de ampliação e revitalização do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, realizado pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

 

O andamento dos trabalhos e os benefícios das obras para passageiros e operadores turísticos que atuam no terminal foram apresentados aos membros do Comtur (Conselho Municipal de Turismo) nesta quinta-feira, 25. A exposição foi conduzida pelo superintendente da Infraero em Foz do Iguaçu, Joacir Araujo dos Santos.

O valor do investimento é de R$ 32,7 milhões, e o prazo final para execução é setembro de 2019. Após a conclusão da ampliação e revitalização, o Aeroporto de Foz Iguaçu poderá movimentar mais de quatro milhões de passageiros, frente aos 2,5 milhões atuais.

Em maio deste ano, também foi assinado acordo entre a Infraero e a Itaipu Binacional para ampliação da pista de pousos e decolagens do terminal na fronteira trinacional e para a duplicação da pista de acesso aeroporto. A ação tem investimento de R$ 70 milhões a ser aplicados pela empresa binacional.

O superintendente da Infraero em Foz destacou os benefícios econômicos que virão com os investimentos. “O aeroporto de Foz participará não só da integração nacional, mas também do desenvolvimento do turismo e da economia do país, promovendo geração de empregos e oferta de mais serviços”, apontou Joacir Araujo dos Santos.

Segurança, comodidade e turismo

Presidente do Comtur, Carlos Silva enfatizou que a ampliação e a revitalização do aeroporto são um sonho antigo das instituições que integram a Gestão Integrada do Turismo. Para ele, os investimentos são um reconhecimento da importância do terminal para o turismo nacional e internacional.

“O aeroporto de Foz cresceu 14% no primeiro semestre do ano em número de passageiros, diante de uma média nacional de 4%. Recebemos turistas do Brasil e de todo o mundo, por isso precisamos de um equipamento à altura do nosso turismo”, ressaltou.

Silva disse ainda que as melhorias no aeroporto irão beneficiar a comunidade iguaçuense e da região e trazer desenvolvimento. “O esforço dos empresários da hotelaria e da gastronomia, e dos atrativos, juntamente com essa obra de infraestrutura, fortalece a nossa cidade para receber e atender ainda mais turistas e visitantes.” 

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, destacou as melhorias para os usuários que irão resultar da revitalização. Ele também defendeu a conexão aérea como estratégia para aumentar o número de visitantes no Destino Iguaçu.

“A repaginação vai dar um upgrade no nosso aeroporto, garantindo maior acessibilidade, conforto e segurança aos usuários”, frisou Gilmar Piolla. “Também vai nos permitir melhorar a conectividade com os países da América do Sul e da América Central. Seremos, em cinco anos, o principal aeroporto da Região Sul do Brasil”, concluiu.

Parceria Infraero e Itaipu

A ampliação da pista de pousos e decolagens do terminal irá aumentar sua extensão dos atuais 2.195 metros para mais de três mil metros. O objetivo é melhorar a capacidade operacional de aeronaves e o atendimento à demanda local e comportar voos para a Europa e os Estados Unidos. As obras na pista foram iniciadas pela Infraero em novembro de 2017, e até o momento a empresa já aplicou R$ 11 milhões.

Já o projeto para a duplicação da via de acesso que fica entre a Rodovia das Cataratas e o aeroporto iguaçuense vai incluir o alargamento da pista, que passará de duas para quatro faixas, alças de retorno, acostamentos, além de implantação de viadutos, ciclovia, passarela de pedestres e abrigos de ônibus.

Fonte: Assessoria 

 

e-max.it: your social media marketing partner