Inscrições para o Prêmio e Desafio – Inova Oeste encerram no domingo (21)

Variedades
Typography

As inscrições para a 1ª edição do Prêmio Regional de Inovação - Inova Oeste e do Desafio Inova Oeste encerram no domingo, dia 21. Tanto o Prêmio como o Desafio são promovidos pela Associação Oeste em Desenvolvimento, através do Sistema Regional de Inovação (SRI). 

 

Ambas as iniciativas pretendem fomentar a ciência e a inovação na região Oeste do Paraná, além de conhecer e reconhecer práticas inovadoras capazes de mudar a gestão das organizações. “O Prêmio avaliará projetos já realizados. E o Desafio, selecionará propostas ainda a serem aplicadas”, disse Claudecir dos Santos, integrante da Câmara de Técnica de Inovação.

As inscrições podem ser feitas pelo site: http://premioedesafio.oesteemdesenvolvimento.com.br/inovacao. No site também é possível fazer o download do edital.  

O resultado será anunciado durante o Fórum de Desenvolvimento Econômico do Território Oeste, no dia 29 de novembro, no Parque Científico e Tecnológico de Biociências (Biopark), em Toledo. 

O Prêmio

O objetivo do Prêmio é reconhecer as melhores soluções inovadoras aplicadas em organizações públicas e privadas nos 54 municípios da região, entre os anos de 2016 e 2018. 

Serão avaliados projetos em três categorias: práticas inovadoras organizacionais; inovação em produtos e inovação em processos. 

Os primeiros colocados em cada categoria receberão troféus, medalhas e participarão de uma missão a um Centro de Inovação. Os segundos e terceiros colocados receberão troféus e medalhas. 

O Desafio

Já o Desafio selecionará equipes que vão apresentar projetos capazes de atender às demandas da região nas áreas de meio ambiente e sanidade agropecuária. 

Elas terão um ano para desenvolver a solução. Durante esse período receberão consultoria técnica e o recurso financeiro para execução do projeto apresentado. 

O Desafio financiará até R$ 100 mil de cada proposta selecionada, desde que não ultrapasse 50% do valor total da ação. 

Na área de Sanidade Agropecuária, serão escolhidos projetos que visem o desenvolvimento de sistemas/tecnologias capazes de solucionar doenças das cadeias de frango, suínos, peixe e leite.

Em relação às demandas de meio ambiente, serão selecionadas soluções que propuserem o reaproveitamento da água dos tanques de produção de tilápias, com a retirada de resíduos, gases e reposição de oxigênio. Também projetos que apresentem soluções para a destinação dos resíduos sólidos da indústria metalmecânica.

 

e-max.it: your social media marketing partner