Em dois dias de apresentações, a encenação da Paixão de Cristo, - que revive uma das mais emocionantes passagens bíblicas – levou ao Marco das Américas, em Foz do Iguaçu, mais de 15 mil pessoas, segundo os organizadores. O espetáculo coordenado pela Fundação Cultural, trouxe à cidade uma grande produção teatral comandada pelo diretor Cesar Crispim com a participação de atores nacionais como Ana Rosa, Kayky Brito, Luciano Szafir e Elke Maravilha, além de 60 atores locais.

O público pode acompanhar nos dias 22 e 23 apresentações no período da noite, marcadas pela emoção. Mesmo permanecendo em pé ao longo das passagens pelos cinco palcos, os espectadores mostraram-se  encantados com a iniciativa. “Acho que a cidade estava precisando de um evento desse porte. Ainda mais sendo um evento religioso, numa data tão simbólica, disse o padre Clodoaldo Frassetto que acompanhou a primeira noite de exibição.

Para Szafir a receptividade, o cenário, e o público formaram uma perfeita combinação. “Eu atuo em espetáculos da Paixão há mais de 20 anos. Digo com certeza que Foz do Iguaçu está pronta para ter seu espetáculo, sua própria encenação, e daqui para frente muitas coisas ainda podem ser melhoradas”.  Outro elogio foi feito aos atores locais escalado para o elenco. “O que vimos aqui foram atores extremamente dedicados, responsáveis e respeitosos, estão todos de parabéns”.

Com a presença maciça do público, o presidente da Fundação Cultural, Adailton Avelino, já confirmou a intenção de manter o evento nos próximos anos. “Nossa ideia é de incluir a encenação no calendário de eventos da cidade, para que aconteça ano após ano, unindo as pessoas num ato de fé. Não importa se estamos ou não na administração. Minha vontade é de deixar a ideia de presente para a cidade”. 

Fonte: Assessoria

Foto: Marcos Labanca

Mais de 5 mil iguaçuenses de todas as regiões da cidade prestigiaram a estreia da encenação da Paixão de Cristo, nesta terça-feira (22), no Complexo Turístico Marco das Américas. O espetáculo a céu aberto contagiou e sensibilizou a plateia, durante quase duas horas da superprodução. Nesta quarta-feira (23), às 20 horas, ocorre a segunda apresentação gratuita da peça teatral.

A apresentação do espetáculo Paixão de Cristo em Foz do Iguaçu ocorre nesta terça-feira (22) e quarta-feira (23) no Marco das Américas em Foz do Iguaçu. Sempre às 20h, com distribuição de ingressos no local a partir das 18 horas.

Mesmo com  uma fina chuva caindo no final da tarde de segunda-feira, ocorreu o ensaio geral.

 Antes do ensaio os atores Kayky Brito e Elke Maravilha visitaram o espaço. Os dois chegaram no final da manhã a Foz e foram recepcionados pelo presidente da Fundação Cultural, Adailton Avelino, o Cantor. No período da tarde, eles seguiram para reconhecimento do local. Todo o elenco participou do ensaio.

“O Kayky estava ansioso para conhecer o espaço. Apesar de já ter feito a encenação há dois anos em São Paulo, queria muito conhecer o local, ver os palcos, até mesmo para sentir o local”, disse o pai do ator e empresário, Josef Brito. Para o ator, a expectativa era grande, especialmente para conhecer a estrutura dos palcos e o monte calvário com as cruzes. “No início dá um pouco de medo, mas com o apoio da equipe, isso vai passando e me senti seguro”, disse Kayky.

O cenário preparado para a cena da crucificação está no alto, acima dos palcos e deu ao ator uma visão privilegiada das três fronteiras. “É fantástica a visão daqui, a gente consegue ver a Argentina e o Paraguai, é algo sem igual”.

Pronto para encenar, o ator aguarda para logo mais à noite a presença do público. “Vou me preparar para fazer jus ao papel e poder transmitir exatamente o que Jesus foi em sua vida”.

A atriz Elke Maravilha, que já visitou a fronteira várias vezes, também elogiou o espaço. “Foz é uma força da natureza, é cheia de energia”.

Para os atores locais que integram o elenco de apoio, o clima era de emoção. “Acho que a encenação será perfeita e cheia de surpresas. As pessoas estão empenhadas e felizes em poder participar”, disse Wanderlei de Souza, o Pardal, que interpretará Barrabás e o Diabo.  

 

Com assessoria

 

 

 

 

Num domingo quente, uma confraternização especial. Mais de 600 atletas, corredores amadores e praticantes de caminhada do Brasil, Paraguai e Argentina participaram da 5ª Corrida e Caminhada do Dia Internacional da Mulher, realizada neste domingo (20), no Complexo Turístico Marco das Américas. A programação paralela contou com a Corrida Mirim e uma série de atividades promovidas antes, durante e depois da prova, com serviços gratuitos de beleza e saúde, recreação, arte e sorteio de brindes. 

A competição de 10 km teve como vencedores Nilma Rezende, na categoria feminina e Raul Benitez no masculino. Na modalidade dupla mista os ganhadores foram Patrícia Schek e Diego Schek. Os cinco primeiros colocados em cada segmento receberam medalhas, troféus e brindes em produtos. Todas as mulheres que participaram da corrida e da caminhada foram homenageadas com flores na chegada da prova.  

De acordo com Adélio Demeterko, do Complexo Turístico Marco das América e um dos promotores do evento, a Corrida da Mulher superou todas as expectativas. “Foi um grande dia de esporte e integração voltado para as famílias iguaçuenses”, resume. “Também foi um momento de apresentação do Marco das Américas para a comunidade, pois o espaço que está aberto para receber a população e para abrigar grandes eventos”, enfatiza.

A médica Fernanda Lemos percorreu os dez quilômetros do trajeto e destaca a confraternização possibilitada pelo evento. “Fiz a prova acompanhada do meu marido. É uma excelente corrida, que agrega toda a família”, explica. Os amigos Fran Alves e Nilson Ricardo correram em dupla e aprovaram a experiência.  “Gostamos muito. No próximo ano, estaremos aqui novamente”, promete Nilson Ricardo.

Fonte: Assessoria

 

Foto: Caio Coronel

Nesta terça-feira, 22, os parques nacionais Iguaçu (Brasil) e Iguazú (Argentina) preparam uma ação conjunta de sensibilização ambiental para o Dia Mundial da Água. Servidores, concessionários, entidades e parceiros das duas unidades de conservação estarão unidos pela limpeza do Rio do Iguaçu. 

Os Correios já começaram a distribuir os carnês do IPTU, mas para os contribuintes que quiserem se antecipar e consultar os valores do imposto predial e territorial urbano de 2016 poderão fazê-lo acessando a página da prefeitura na internet no www.pmfi.pr.gov.br. As informações já estão disponíveis nesse site, onde é possível consultar e imprimir a guia de recolhimento e também o carnê. Para isso basta ter em mãos o número da inscrição predial. 

O vencimento para o pagamento à vista e também da primeira parcela, para quem vai optar pela quitação em parcelas, está previsto para o dia 11 de abril. 

O contribuinte que optar pela quitação do imposto à vista terá um desconto de 10%. O prazo para a solicitação de revisão do IPTU será iniciado em 11 de abril. Já os pedidos de isenção serão recebidos entre 12 de abril e 11 de junho. 

O cálculo do IPTU é feito com base no valor venal do imóvel.  No caso dos imóveis com edificação a porcentagem é de 1% sobre o valor venal determinado pela legislação vigente. Já para os terrenos vagos, a porcentagem é de 2%. 

No carnê além da cobrança do IPTU estão incluídas também as taxas de: coleta de lixo para imóveis prediais; de combate incêndio e a Contribuição para Custeio da Iluminação Pública, para imóveis territoriais, aqueles sem construção.

 

Iniciada em dezembro de 2014, a duplicação da Avenida José Maria de Brito, em Foz do Iguaçu, está chegando à etapa final.  O trecho entre a Avenida Paraná e a Rua Paço da Pátria, próximo à rodoviária, recebeu galerias pluviais, foram construídas doze bocas de lobo simples e quatorze duplas. A via foi duplicada, pavimentada e também já conta com ciclovia.

O lendário Ford  T, que abriu o caminho da industrialização dos automóveis, é sempre uma atração na história de recordes do setor automotivo. Desta vez, um casal de holandeses já percorreu mais de 80.000 km numa volta ao mundo com um “Fordinho” 1915, praticamente original, iniciada em 2012. A aventura ganhou visibilidade nas mídias sociais e tem também um apelo de grande alcance por arrecadar fundos para vários projetos mundiais mantidos pela organização internacional de ajuda a crianças SOS – Children’s Villages. 

Todo ano é a mesma coisa, mas não adianta querer fugir. Chegou a hora de acertar as contas com o leão. Em todo o Brasil, 28,5 milhões de pessoas devem apresentar a declaração de rendimentos à Receita Federal. No Paraná o dever cairá sobre 1,7 milhões de pessoas, sendo 46,5 mil iguaçuenses. 

O senador e ex-presidente do Uruguai José Alberto Mujica, o Pepe Mujica, disse nesta terça-feira (15), em Foz do Iguaçu (PR), que a integração dos países da América Latina será um passo obrigatório para a região enfrentar a formação de grandes blocos econômicos, como a União Europeia e o Pacto do Pacífico, que reúne gigantes como Estados Unidos, México e Japão.

Segundo ele, “os latino-americanos, quanto mais separados estamos, mais distantes vamos estar de poder equilibrar o que está acontecendo hoje no mundo”. “Os inimigos da integração sobram [no mundo]. E o pior inimigo é não percebermos a nossa própria economia”, disse.

Mujica veio à cidade para proferir a aula magna da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), no Cineteatro dos Barrageiros, dentro do complexo hidrelétrico de Itaipu. Ele falou sobre “Integração e Desafios de Hoje na América Latina”. Antes, concedeu entrevista coletiva a veículos de imprensa do Brasil e do exterior, acompanhado do reitor da Unila, Josué dos Passos Subrinho, e do representante-geral do Mercosul, Florisvaldo Fier, o Dr. Rosinha.

“Sei que no Brasil há uma velha discussão, de que é preciso primeiro integrar internamente. Entendo isso. Mas já não há tempo: a Europa está construindo uma grande nação, mesmo com um histórico de guerras e massacres. Os Estados Unidos, todos conhecemos, assim como a China. E é com esse mundo que vamos ter de negociar”, disse Mujica.

Para o ex-presidente, o Brasil avançou muito na última década, ampliando o relacionamento com os países vizinhos, especialmente por meio do Mercosul, e também com mercados distintos, como o continente africano. No entanto, ele avalia que será preciso superar diferenças para acelerar o processo – a começar por um diálogo mais efetivo entre Brasil e Argentina, as duas maiores forças da região.

“Os desafios que temos são de caráter político, mas nos falta estatura política. É muito discurso, muito banquete, mas não avançamos. Disputamos entre nós e não temos uma política em comum”, criticou, antes de defender a criação de ministérios que promovam a integração regional.

Questionado sobre o atual momento político da América Latina, Mujica disse que existe na história recente um movimento pendular constante – entre direita e esquerda – e que é importante o ser humano saber conviver com vitórias e derrotas. “Aprendi uma coisa: os únicos derrotados na vida são os que não voltam a se levantar. [Porque] o problema não é triunfar, o problema é viver: ser derrotado e seguir vivendo.”

Vida simples

Aos alunos que lotaram o auditório do Cineteatro dos Barrageiros, Mujica explorou um dos lados que o tornaram mais conhecido no mundo: a simplicidade. Ele defendeu que as pessoas devem trabalhar menos e viver mais, de forma mais simples e solidária.

“Você não compra uma coisa com dinheiro, mas com o tempo que você gastou para ganhar dinheiro”, ensinou. “Porém, não se pode comprar anos de vida. Por isso, para mim, o valor mais importante que temos é a vida”, concluiu.

Visita à usina

Após a aula magna no Cineteatro dos Barrageiros, Pepe Mujica e comitiva, acompanhados do diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, visitaram a usina hidrelétrica e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

Nesta quarta-feira (16), pela manhã, o ex-presidente fará um passeio na principal atração turística da região, o Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu. À tarde, ele se reunirá com autoridades e lideranças do Brasil, Paraguai e Argentina, para discutir o tema “Estratégias de Desenvolvimento Territorial Sustentável”.

Fonte: Assessoria Itaipu