O reitor da Universidade da Integração Latino-Americana (Unila), em Foz do Iguaçu, no Paraná, Josué Modesto dos Passos Subrinho, e o secretário de Implantação do Campus, Robinson Alexander Sturmer, reuniram-se com o secretário de Educação Superior do MEC, Jesualdo Farias, em Brasília, nesta quinta-feira (14), para tratar das obras do campus da Universidade. Na reunião, ficou acertada a realização de processos licitatórios para a finalização de obras estruturais e contratação de um estudo de viabilidade econômica, técnica e ambiental. Também participou do encontro a diretora de Desenvolvimento da Rede de Instituições Federais de Ensino Superior, Dulce Maria Tristão.

A previsão é que os editais licitatórios sejam publicados até o início do segundo semestre deste ano. O valor que será liberado pelo Ministério da Educação para os dois certames é de cerca de R$ 45 milhões.

Nesta etapa, serão concluídas as estruturas de concreto do edifício central, do prédio de aulas, da galeria técnica e da central de utilidades. Por sua vez, o estudo de viabilidade tem o objetivo de identificar melhorias que possam ser incorporadas ao projeto, buscando reduzir os custos de implantação e manutenção e o impacto ambiental.

O estudo de viabilidade e as obras estruturais serão realizados de forma simultânea, já que as melhorias propostas pelo estudo serão implantadas na fase de acabamento arquitetônico dos prédios, que deve ter seu cronograma iniciado logo após a conclusão das estruturas de concreto.

Terreno

Após diálogo entre a Reitoria da Universidade e a direção da Itaipu Binacional, ficou definida a rerratificação da escritura pública de doação do terreno onde está sendo construído o campus da UNILA. Na nova escritura, que já foi encaminhada ao Cartório de Registro de Imóveis, foi ampliado o tempo previsto para conclusão das obras. Essa medida foi necessária devido ao atraso no cronograma de edificação do campus, ocasionado pelo abandono do consórcio construtor.

 

Nesta quinta-feira (14) é comemorado o Dia Internacional do Café, uma das bebidas mais tradicionais do mundo. Embora ele seja apreciado de todos os modos, e até quando mais simples melhor,  Sobre Rodas selecionou uma receita para celebrar esta data.

Escritores tem até 31 de maio para se inscrever no concurso anual “Premio Cataratas de Contos e Poesias”, organizada pela Fundação Cultural de Foz do Iguaçu. 

Os participantes podem concorrer em ambas categorias, com produções inéditas ou não, que podem ser escritas tanto em português quanto em espanhol. A temática e o estilo são livres. Se os envelopes forem enviados pelo correio, somente serão aceitos os objetos com a data final da inscrição.

Cada categoria irá premiar os vencedores do 1º ao 3º lugar. Os primeiros colocados irão ganhar R$2.000, os segundos R$1.500 e os terceiros R$1.000. Há também um prêmio de R$1.500 para o primeiro colocado local de cada categoria. Os dez primeiros colocados irão receber um certificado de participação. Todas as obras e materiais produzidos em razão deste Concurso serão de uso exclusivo da Fundação Cultural, sem qualquer ônus para ela.

Inscrição

Para se inscrever, é preciso ler atentamente o regulamento e preencher a ficha de inscrição, disponível no link http://www.pmfi.pr.gov.br/conteudo/?idMenu=198, e anexá-la em um único envelope com o texto. Caso o participante envie pelo correio, o invólucro deve ser dirigido à:

Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, Rua Benjamin Constant, 62 - Centro -

Foz do Iguaçu - PR 85.851-380

Concurso “Prêmio Cataratas”

A obra deverá ser impressa em quatro vias, em folha A4, e ser identificada apenas com o título e o pseudônimo do autor. Caso participe das duas modalidades (conto e poesia), os materiais podem ser encaminhados no mesmo invólucro. 

O limite é de seis páginas para o conto e de duas páginas para a poesia. A formatação exigida é de corpo 12, espaçamento 1,5 e fonte Arial ou Times. Quem descumprir quaisquer destes itens, presentes no edital, será desclassificado.

A seleção dos contos e poesias, a ser realizada entre os meses de junho e julho, será feita pela Comissão, composta por seis pessoas da área de Literatura, designadas pela Fundação Cultural. Esta Comissão Julgadora terá plena autonomia de julgamento, sem a possibilidade de recursos sobre as decisões.

Resultado

Depois da divulgação do resultado, a partir do dia 10 de agosto, na imprensa, na Fundação Cultural e no site www.pmfi.pr.gov.br, haverá a premiação na 12ª Feira Internacional do Livro, com data a ser definida pela Comissão Organizadora. Os vencedores deverão receber os prêmios pessoalmente ou por meio de um representante legal. Para os três primeiros colocados em ambas categorias, não residentes em Foz do Iguaçu, a Autarquia irá disponibilizar até duas hospedagens e seis refeições.

Fonte: Assessoria

 

O Iate Clube Lago de Itaipu (ICLI) promove no dia 17 de abril a segunda etapa do ranking 2016 da Pesca entre Amigos ao Tucunaré, em Foz do Iguaçu. Cerca de 150 pescadores são esperados para a disputa em raia aberta no Lago de Itaipu.  O ranking 2016 terá oito etapas até o mês de outubro com o objetivo de divulgar e incentivar a pesca esportiva e o potencial turístico do reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Em cada etapa haverá o sorteio de brindes, tais como: - iscas artificiais, varas, molinetes, um motor elétrico e outros. Na última etapa também haverá o sorteio de um carro zero quilômetro, uma lancha CLASSIC da Mega Bass e uma carreta FORTCAR (para embarcação) entre os pescadores que participarem de sete das oito etapas. Sendo assim, esta segunda etapa é a última chance para concorrer aos três grandes prêmios em outubro.

Fonte: Assessoria

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT retoma, a partir desta quinta-feira (07/04), o processo de fiscalização de pesagem de veículos nas rodovias federais sob sua jurisdição por meio dos Postos de Pesagem de Veículos – PPV. Com a presença do diretor geral,  Valter Casimiro Silveira, o PPV localizado no km 12 da BR-020, em Formosa, Goiás, será reativado às 10h. Simultaneamente, também serão reativados os postos de pesagem de veículos localizados em Cáceres/MT e em Araranguá/SC. Nas semanas seguintes, as atividades deverão ser retomadas em outros estados.

Os veículos abordados nos PPVs terão a documentação conferida para que seja verificada a adequação da carga à nota fiscal. Nesta primeira fase, a fiscalização terá caráter educativo. Posteriormente, os veículos infratores estarão sujeitos às penalidades e medidas administrativas, no caso de cometimento de infração de trânsito. Após a conclusão de ajustes técnicos que estão sendo executados nas balanças, os veículos também passarão a ter o excesso de peso auferido por equipamento de pesagem.

O DNIT possui 29 postos fixos e 26 postos móveis de pesagem. As atividades relacionadas ao poder de polícia administrativa serão desempenhadas, no âmbito do PPV, exclusivamente por agente da autoridade de trânsito – servidor civil, atendendo a exigência do Ministério Público do Trabalho (MPT). A pesagem nas rodovias federais sob jurisdição do DNIT estava paralisada desde julho de 2014 por força de ação civil pública do MPT.

Fonte: Assessoria

A Delegacia da Receita Federal do Brasil em Foz do Iguaçu, no Paraná,  realizará leilão eletrônico de sucatas de veículos apreendidos. As propostas deverão ser transmitidas de forma eletrônica pelos interessados, via internet, com a adoção do Sistema de Leilão Eletrônico (SLE). 

O número de registros de crimes envolvendo crianças e adolescente em Foz do Iguaçu aumentou 10% de 2014 para 2015, segundo dados do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). As informações foram repassadas na sexta-feira (1º), durante a Reunião da Rede Proteger, da qual Itaipu faz parte, na sede da Guarda Mirim.

Em 2014, foram registrados 2.734 ocorrências envolvendo meninas e meninos infratores e vítimas. Em 2015, foram 3.015.

Ameaça consta no topo da lista. Em 2014 foram registrados 265 casos, no ano seguinte, 321. Ocorrências de furto praticamente dobraram de um ano para o outro: de 126 saltou para 243.

No caso dos boletins de ocorrências de roubo houve um aumento de 10 casos, de 124 para 134. O levantamento mostra também que os estupros contra vulneráveis tiveram um acréscimo significativo, de 88 registros para 100.

Os crimes de lesão corporal e maus tratos, por sua vez, diminuíram de 203 para 199 e de 71 para 61, respectivamente.

Apesar do acréscimo no número de boletins de ocorrências, o inspetor da Guarda Municipal Everson Cadaval Madruga explicou que os dados são muito subjetivos e não afirmam que, necessariamente, a violência tenha crescido na cidade. “Nós sempre fazemos uma pergunta: aumentou a violência ou diminuiu a subnotificação?”

No entendimento de Maria Emília Medeiros de Souza, coordenadora do Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu, as campanhas desenvolvidas e apoiadas pela Rede Proteger nos últimos anos incentivando a delação podem ter colaborado diretamente para o aumento do número de denúncias. “Nossos trabalhos são sempre focados na prevenção e incentivo de denúncias de violações dos direitos infantojuvenil. Acredito que a população está tendo mais coragem para denunciar”.

Muito mais

Na avaliação de Madruga, o relatório apresenta números de ocorrências registradas pelas polícias militares e civis em Foz do Iguaçu, mas, seguindo uma tendência nacional e sobretudo pelas características da região, com certeza há muitos outros casos subnotificados. “Precisamos fazer uma pesquisa de vitimização. De campo mesmo. Há muito mais vítimas, principalmente, envolvendo violência sexual.”

Pesquisas nacionais apontam que cerca de 70% das violências sexuais contra meninos e meninas ocorrem dentro de casa, cometidos por pais, padrastos, irmãos, primos, avôs e amigos.

Fonte: Assessoria

A Secretaria Municipal da Fazenda de Foz do Iguaçu e a agência dos Correios, na avenida Brasil, 1.318, estão fazendo a entrega dos carnês de IPTU/2015, que por algum motivo não chegaram até os contribuintes. A estimativa é que cerca de cinco mil carnês, não foram entregues pelos carteiros nas casas, apartamentos ou empresas por insuficiência de informações sobre o nome da rua ou porque a numeração não condizia, com o nome do contribuinte. A retirada desses carnês poderá ser feita a partir desta quarta-feira (1º. de abril) até o dia 10. Nessa primeira semana o horário de entrega seguirá o de funcionamento da Prefeitura, das 8 às 14 horas, pois esse trabalho é feito por funcionários da Secretaria da Fazenda. 

Menos de um mês para a data-limite da entrega da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF/2016), a Receita Federal do Brasil divulgou que apenas 8.993 iguaçuenses, ou 19% dos 46,5 mil, acertaram as contas com o leão.