Autos e Motos - Roberto Nunes

2020 e seus lançamentos, como o novo Peugeot 208

O ano de 2020 vai ser quente para a indústria automotiva. No Brasil, há boas perspectivas para a volta do crescimento das vendas de carros. E não será por falta de novidades. Mas surgem haches como os reestilizados Peugeot 208, Renault Duster, Nissan Versa, Mitsubishi L200 Triton, além do Mercedes-benz GLB e o esportivo Porsche Taycan.

A coluna destaca agora cinco grandes lançamentos que surgiram no mercado a partir de 2020. E tem mais SUV´s, especialmente os compactos e urbanos. O primeiro grande destaque fica por conta do novo Defender. A Land Rover sofreu enormes críticas ao descontinuar o utilitário Defender do seu portfólio. No ano passado, resolveu seu problema com os amantes do mundo offroad. Agora, o New Defender ficou tecnológico e com um visual agressivo.
Seguindo o cronograma da marca inglesa, o New Defender vai ficar entre o Discovery Sport e o Discovery, com opção de até 7 lugares. Já é vendido na Europa nas versões 2.0 turbodiesel de 200 cv e 240 cv; 2.0 turbo a gasolina de 300 cv e o 3.0 turbo de seis cilindros e com um sistema híbrido-leve, entregando 400 cavalos.

A Ford mostrou o SUV urbano Territory no Salão de SP 2018. De lá para cá, anunciou a confirmação do carro que surgiu primeiro no mercado chinês. O Ford Territory enfrenta o líder o Jeep Compass no segmento dos SUVs médios. O crossover é baseado no modelo chinês Jiangling Yusheng S330. Por lá, é vendido com um motor 1.5 turbo de quatro cilindros e 145 cv, que não deve ser oferecido por aqui. Preço na faixa dos R$ 130 mil.


O novo momento da FCA vai gerar uma série de modelos reestilizados e novos para o mercado brasileiro. Um deles é a nova picape Strada, já vista por estradas brasileiras em situação de camuflagem. A Fiat começa 2020 com a nova geração da Strada. A picape mais vendida do país chega entre março e abril e será vendida nas versões de cabine simples (com conceito maxcab) e dupla de quatro portas. Sob o capô, o conhecido 1.4 Fire de 88 cv e o novo 1.3 Firefly de 109 cv. Mais para frente surge com o inédito 1.0 turbo de três cilindros e câmbio automático do tipo CVT.


A Chevrolet, enfim, vai fazer a Tracker por aqui. A nova geração do Tracker está mais para crossover do que SUV compacto. O lançamento é logo no primeiro semestre e vem com a mecânica inédita 1.2 turbo de três cilindros, além do 1.0 turbo do novo Onix nas versões de entrada.
A Honda aposta no visual da nova geração do Fit, monovolume que reina no Brasil. O hatch tem novidade. No Japão, um novo sistema híbrido, usando dois motores elétricos e um 1.5 a combustão. Por aqui, é possível um motor 1.0 turbo de três cilindros, semelhante ao que equipa a nova geração do City na Tailândia.

Deixe uma resposta