Turismo

Aeroporto de Foz será um dos mais modernos do Brasil

Representantes da Gestão Integrada do Turismo realizaram visita técnica para acompanhar as obras de ampliação e revitalização do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas. A vistoria atendeu a convite do Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu (Fundo Iguaçu) e da superintendência da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) no município.

Com previsão de conclusão até dezembro, as obras do terminal incluem a ampliação das salas de embarque e desembarque e a instalação de esteiras de restituição de bagagem na área de desembarque. A reforma conta ainda com a instalação de quatro novas pontes de embarque. O saguão do aeroporto está sendo ampliado, além de melhorias realizadas nos setores de check-in e inspeção.

De acordo com a Infraero, a capacidade do Aeroporto de Foz do Iguaçu saltará dos atuais 2,6 milhões para cinco milhões de passageiros. As salas de embarque, por exemplo, passarão de 900 para 5.400 metros quadrados. O valor do investimento é de R$ 32,650 milhões. A reforma e a ampliação do terminal oferecerão mais conforto e segurança aos usuários e qualificarão os serviços com uma área comercial mais ampla.

Presidente do Fundo Iguaçu, Enio Eidt explica que o terminal elevará significativamente sua capacidade de atendimento aos passageiros. “Teremos um aeroporto digno de nosso destino turístico internacional e com capacidade para receber cerca de cinco milhões de passageiros por ano”, destaca.

Além dessas obras, o Fundo Iguaçu investiu em projeto de revitalização da pista de pouso e decolagem, obra já concluída pela Infraero, tornando a via mais moderna e segura para a movimentação de aeronaves. “O Fundo Iguaçu ainda conduz o processo de licenciamento ambiental para a obra de ampliação da pista de pouso e decolagem em mais mil metros”, informa Eidt.

Conectividade aérea e turismo

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, afirma que conectividade aérea é o conceito-chave para o desenvolvimento do turismo. Para a captação de mais voos a Foz do Iguaçu, portanto, é necessário um aeroporto mais bem estruturado para atender à demanda crescente, inclusive de rotas internacionais.

“Queremos nos tornar um hub da América do Sul. Com as reformas em andamento, o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu vai dar um salto de qualidade e ficará mais competitivo para atrair novas companhias aéreas, ampliar a oferta e reduzir o custo das passagens para o destino”, acentua Piolla.

Aeroporto repaginado

Conforme o superintendente da Infraero em Foz do Iguaçu, Joacir Araujo dos Santos, os investimentos no terminal aeroviário fomentam o turismo e geram empregos. “O Aeroporto de Foz do Iguaçu contribuirá para integração nacional e para o desenvolvimento do turismo, gerando empregos e ofertando mais serviços para os passageiros”, enfatiza.

O gerente de obras da Infraero, Marcelo Raggi Pacheco, ressalta os benefícios em comodidade e segurança. “Os investimentos são fundamentais para a modernização da porta de entrada do principal motor econômico da Tríplice Fronteira, que é o turismo”, declara. “Os níveis de conforto, segurança e atendimento aos usuários e passageiros serão elevados ao padrão dos principais aeroportos do Brasil”, complementa.

Mais melhorias e investimentos

A Infraero também está investindo no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas mais R$ 4 milhões em duas obras na pista, a qual receberá nova drenagem e grooving (ranhuras). Essa intervenção irá aumentar ainda mais a segurança, o conforto e a manutenção das condições da pista de pouso e decolagem.

A Itaipu Binacional, em convênio com a Infraero, está aportando R$ 15 milhões em outras duas obras, que são a duplicação da via de acesso ao terminal e a ampliação em 40% do pátio de estacionamento de aeronaves.

(Assessoria Fundo Iguaçu)

Deixe uma resposta