Variedades

Pacientes com DST/AIDS em Foz serão atendidos no CEM

Os atendimentos para pacientes com Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e AIDS foram centralizados no Centro de Especialidades Médicas (CEM), após estudo da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a secretária, Luz Cardona, o serviço era precário e os pacientes tinham que se deslocar para outros locais para receber o atendimento. “Esse deslocamento acabava refletindo na pouca adesão do paciente, pois a dificuldade em encontrar o atendimento fazia com que desistissem. Após identificar isso nós vimos que era necessário um remanejamento e criamos uma ala específica”, explica Luz.

Os atendimentos foram remanejados para o CEM, onde foi realocado a saúde mental, para receber o programa de DST/AIDS. “No local o paciente tem desde a entrevista e aconselhamento até a farmácia”, acrescenta a secretária. Já a Saúde Mental deve ser totalmente remanejada até o início de maio, oferecendo mais comodidade e qualidade nos serviços.

Com a mudança o atendimento de DST/AIDS ficou mais humanizado. “Antes o paciente era atendido numa sala sem privacidade que um caso desses exige, hoje tem uma concentração em uma ala inteira só pra ele. Essa mudança acarretou transformações, tivemos que transferir os serviços de uma ala para outra”, destaca.

Deixe uma resposta