Turismo

Calendário de 2020 deve “esquentar” setor de viagem e turismo

O novo calendário brasileiro reservado para 2020 já chama atenção e o motivo, é claro, são as pequenas férias e escapadas que os viajantes poderão realizar ao longo do ano.

Diferente de 2019, o próximo ano será generoso no quesito feriados, possibilitando mais emendas prolongadas. Ao todo serão 9 feriados nacionais, sem contar os feriados estaduais e municipais como o Dia da Consciência Negra e aniversários das cidades. Destes, 6 serão prolongados – isto é, vão cair em segundas ou sextas-feiras, e ’emendar’ com o final de semana. Só um deles vai cair em um final de semana: 15 de novembro, Proclamação da República, que cai em um domingo.

Foto: Marcos Labanca

CONFIRA OS FERIADOS DE 2020

O primeiro grande feriado nacional, como já de praxe, é o Carnaval (22 a 25 de fevereiro), logo depois a Sexta-feira Santa (10 de abril). O feriado de Tiradentes (21 de abril) será celebrado numa terça-feira, Dia Mundial do Trabalho (1° de maio) cairá numa sexta-feira e o feriado de Corpus Christi (11 de junho) em uma quinta-feira.

Já o segundo semestre será mais farto: serão 3 feriados prolongados.  Os feriados da Independência do Brasil (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e Finados (2 de novembro) cairão na segunda-feira, gerando mais oportunidades de pausas. Já a comemoração da Proclamação da República (15 de novembro) será em um domingo.

Para ajudar os viajantes a desfrutarem dos dias de folga, a CVC já começa a oferecer diversas opções de pacotes em que o cliente escolhe se deseja viajar de avião, transatlântico, com o carro próprio (e reservar apenas a diária de hospedagem na operadora) ou com o carro alugado, com duração exata do feriado.

Entre os destinos mais recomendados para os feriados, despontam: Rio de Janeiro (RJ), Foz do Iguaçu (PR), Porto Seguro (BA), Fortaleza (CE), Serra Gaúcha (RS), Salvador (BA) e, na América do Sul, Buenos Aires (Argentina) e Santiago (Chile). Também são boas dicas os hotéis-fazenda no interior do Brasil, em que o cliente reserva apenas a diária com a operadora.

Deixe uma resposta