Variedades

Quer um banho quentinho? Confira 5 dicas sobre como manusear corretamente o aquecedor a gás

 

Pesquisas realizadas em portais de comparadores de preços e produtos também indicam aumento de 620% na procura por aquecedores. Alguns destes produtos utilizam o gás como combustível para seu funcionamento e o seu uso inadequado pode acarretar não só o desperdício como alguns riscos para a sua segurança.

O aquecedor de gás natural é um aparelho que queima o gás natural encanado – é importante não confundir com o gás dos botijões – para produzir calor. Com isso, ele garante água quente para os diversos ambientes do local (seja residencial ou comercial): pias do banheiro e da cozinha, chuveiros, duchas higiênicas e tanques ou máquinas de lavar.

Sendo assim, o gerente de vendas da Copagaz, quinta maior distribuidora de GLP (gás de cozinha) do Brasil, Vicente Longatti, separou cinco dicas de segurança que vão desde o correto armazenamento do GLP até o manuseio correto do aquecedor.

Confira

1.   O aparelho deve ser instalado por uma equipe técnica especializada e em locais bastante arejados e de fácil acesso – como a área de serviço ou a varanda, por exemplo. Como os queimadores consomem oxigênio durante o seu funcionamento, é muito importante garantir a ventilação adequada do local. Caso o ambiente tenha pouca ventilação, é necessário ficar atento se o aquecedor possui uma exaustão forçada, responsável pela ventilação do CO₂ produzido na queima do combustível.

2.   Mantenha os registros de gás dos aquecedores fechados sempre que você for se ausentar por longos períodos, como viagens de muitos dias.

3.   Mantenha o aquecedor sempre limpo e regulado. Pelo menos uma vez por ano, faça uma revisão e atenção a validade das mangueiras metálicas do seu produto – essas possuem validade de cinco anos e o prazo está marcado na mangueira.

4.   É importante verificar se a chama piloto se mantem acesa, garantindo o perfeito funcionamento do aquecedor e acompanhar a coloração dela. O certo é que as chamas de gás sejam sempre de um tom azulado. Se elas mudarem para um tom amarelado ou alaranjado, vale desligar o equipamento e fazer uma inspeção, pois essa cor pode ser sinal de que os queimadores estão sujos, obstruídos ou desregulados. Além da questão da segurança, esse problema também interfere na economia, por aumentar o consumo de gás.

5. O botão de regulagem da temperatura deve estar na posição intermediária, durante o inverno, e na mínima, no verão. Além de garantir a segurança do usuário, isso evita desperdício de consumo de gás.

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta