Turismo

Conheça 10 patrimônios arquitetônicos para visitar e fotografar em Blumenau

Localizada na região do Vale Europeu, em Santa Catarina, a cidade de Blumenau traduz boa parte de suas raízes germânicas por meio da arquitetura. Muitas casas e construções instaladas no destino foram erguidas utilizando a tradicional técnica do enxaimel, que consiste em preencher uma estrutura de madeira com pedras, tijolos ou taipa. Muito comum na Alemanha, esse estilo de construção faz parte do patrimônio arquitetônico de Blumenau e enche os olhos dos visitantes que buscam a fotografia perfeita para compartilhar durante a viagem por Blumenau. Conheça 10 obras arquitetônicas imperdíveis para visitar em Blumenau e ganhe muitas curtidas em sua timeline.
Parque Vila Germânica
Projetado para receber grandes festas e eventos, o Parque Vila Germânica reproduz a arquitetura de enxaimel por todo o complexo de 26.000 metros quadrados. A inspiração europeia está nos restaurantes, nas lojas de souvenirs e de produtos regionais e nos espaços para o artesanato típico. É aqui que acontece a grande celebração da cultura e da tradição dos colonizadores de Blumenau, a Oktoberfest Blumenau.
Prefeitura de Blumenau
Inspirado nas antigas casas do período colonial, o estilo enxaimel do prédio da Prefeitura de Blumenau atrai muitos turistas interessados em fotos memoráveis e divertidas. Até os anos 80, a área funcionava como sede para a Estação Ferroviária da cidade. Não à toa, foi instalada no jardim em frente à Prefeitura, na Praça Victor Konder, a primeira locomotiva de Blumenau. Importada da Alemanha em 1908, a locomotiva ganhou o apelido de Macuca por conta da semelhança entre o apito do trem e o pio da ave macuco.

Antigo Castelinho da Moelmann
Típico representante do estilo enxaimel, o prédio foi inspirado em um imóvel datado do século 15 situado na pequena cidade alemã de Michelstadt. Erguido no final dos anos 70 e com seis andares, o Castelinho abriga atualmente uma loja de departamentos e está instalado na histórica Rua XV de Novembro. É um verdadeiro cartão-postal de Blumenau.

Antigo Castelinho da Moelmann – crédito: Rogério Pires
Museu de Ecologia Fritz Müller
Construída em 1856, a casa que recebe o Museu de Ecologia Fritz Müller é um fiel exemplo do estilo enxaimel, com tijolos vermelhos e estrutura de madeira. Além de admirar sua fachada, os visitantes têm a oportunidade de conhecer a história de Fritz Müller, cientista alemão e morador de Blumenau. Correspondente de Charles Darwin, Müller dedicou sua vida ao estudo da fauna e da flora catarinense. Nos jardins do Museu, há espécies plantadas e estudadas pelo cientista.

Museu Fritz Müller – crédito: Marcelo Martins
Museu Hering
Outro espaço cuja importância está tanto em sua fachada como em seu interior é o Museu Hering. Localizada em uma das vias mais antigas de Blumenau, na rua Hermann Hering, o museu e as inúmeras edificações que ficam ao seu redor formam um rico patrimônio arquitetônico em estilo enxaimel do século 19. O Museu Hering resgata e preserva a história de uma das marcas de moda mais tradicionais do Brasil. Ao visitar, o viajante pode customizar sua própria camiseta Hering.
Teatro Carlos Gomes
Também na Rua XV de Novembro, no centro de Blumenau, fica o belíssimo Teatro Carlos Gomes. Grande modelo das artes em Blumenau, o teatro acolhe um dos quatro palcos giratórios existentes no Brasil com 12 metros de diâmetro e capacidade para receber 1.170 pessoas na plateia. É uma verdadeira joia arquitetônica. Além de abrigar a Orquestra de Câmara de Blumenau, o prédio oferece aulas de balé, teatro, dança e música. Assim como o teatro, a praça à sua frente oferece um cenário natural para belos registros. Duas esculturas de bronze, uma em memória ao maestro Carlos Gomes e a outra, uma alusão ao índio da ópera brasileira “O Guarani” enfeitam a praça.

Teatro Carlos Gomes – crédito: Marcelo Martins
Fundação Cultural de Blumenau
Local de promoção do talento artístico da cidade, a Fundação Cultural de Blumenau mantém os traços arquitetônicos da herança germânica e reúne o Museu de Arte de Blumenau e o Cine Arte. Diversas atividades culturais são realizadas no espaço, incluindo exposições e oficinas de arte. É um importante patrimônio cultural de Santa Catarina.
Catedral São Paulo Apóstolo
A Catedral São Paulo Apóstolo surpreende por seu tamanho e imponência. Originalmente erguida em 1868, a igreja teve que ser reformada à medida que a colônia de imigrantes em Blumenau expandia. O novo projeto arquitetônico, inaugurado em 1963, fugiu do conceito tradicional das igrejas. Além de construída com pedras de granito vermelho e vitrais coloridos, a catedral ganhou uma torre de sinos com 45 metros de altura.

Catedral São Paulo Apóstolo – crédito: Michele Lamin
Alameda Duque de Caxias (Rua das Palmeiras)
Caminhar pela primeira rua planejada de Blumenau, com palmeiras imperiais no centro, é um passeio imperdível para compreender a importância do patrimônio arquitetônico do destino. Enquanto caminha, o turista tem a chance de apreciar as nuances e os detalhes das construções em enxaimel e registrar fotografias únicas.
Vila Itoupava
A 25 km do centro de Blumenau fica a Vila Itoupava, distrito que preserva aspectos autênticos da colonização alemã. Lá, o visitante tem a sensação de estar em um típico vilarejo alemão ao mesmo tempo em que admira as casas em estilo enxaimel com floreiras e jardins, a simpatia dos moradores e experimenta a rica gastronomia marcada por bolos, cucas, café, geleias, marreco com repolho roxo e muito mais.
Sobre Blumenau
Município do Estado de Santa Catarina, situado na região do Vale Europeu, Blumenau foi colonizada em 1850 pelo médico farmacêutico e filósofo alemão Dr. Hermann Bruno Otto Blumenau, que chegou à cidade acompanhado de outros 17 colonos, também da Alemanha. Mais tarde, chegaram imigrantes vindos da Itália e Polônia. Blumenau possui uma série de atrativos como museus, monumentos, praças e casas no estilo enxaimel, além de organizar eventos e festas responsáveis pelo incremento da economia local e pela movimentação de milhares de turistas. A cidade sedia a Oktoberfest Blumenau, a segunda maior do mundo e a maior festa alemã da América do Sul, e é oficialmente a Capital Brasileira da Cerveja. Blumenau está entre as dez maiores e melhores cidades do Brasil e é detentora dos selos Safe Travels, da WTTC, e Viaje+SC, da Santur, que a qualifica como destino seguro para o turismo.