Variedades

Correios registrou lucro de R$ 667 milhões em 2017

Na reunião na Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática, foram apresentados os dados do balanço contábil de 2017, com resultado positivo de R$ 667 milhões. Com anos consecutivos de prejuízo – resultados negativos de R$ 2,12 bilhões em 2015, e R$ 1,48 bilhão em 2016, por exemplo –, o objetivo de recuperação vai sendo gradativamente alcançado graças às ações adotadas.

Entre as medidas estão a revisão de contratos, a racionalização de custos com pessoal e de encargos sociais e a revisão do custeio do plano de saúde, além da otimização da rede de atendimento, com foco nas necessidades dos clientes e aderente aos novos mercados e serviços.

Os Correios vinham apresentando resultados negativos desde 2013. Em junho de 2016, sob a direção do então presidente Guilherme Campos, os Correios começaram um processo de transformação. Atualmente presidida por Carlos Fortner, a empresa se mantém focada em consolidar as iniciativas de recuperar o equilíbrio financeiro, otimizar a gestão e controlar despesas.

O balanço foi aprovado pelo Conselho Fiscal dos Correios e será submetido nesta quinta-feira (10) à deliberação do Conselho de Administração da empresa.

Sobre os Correios

Os Correios tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de 1663 e atualmente estão presentes em todos os 5.570 municípios do País. A empresa entrega, mensalmente, cerca de meio bilhão de objetos postais, dentre eles, 25 milhões de encomendas. São mais de 25 mil veículos, 1.500 linhas terrestres e 11 linhas aéreas que circulam pelo País de norte a sul. Seus cerca de 106 mil empregados estão espalhados em mais de 12 mil unidades entre agências e centros de distribuição, tratamento e logística.

Deixe uma resposta