Crianças e adultos autistas têm entrada gratuita no Dreams Eco Park

A partir deste sábado, 1º de abril, crianças e adultos diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista (TEA) tem entrada gratuita no Dreams Eco Park, em Foz do Iguaçu.

A campanha – que terá duração até o dia 30 -, é alusiva ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado no dia 2.

Para receber o benefício a criança ou o adulto precisa apresentar a Carteira do Autista ou laudo médico e um documento de identidade com foto.

Para Daiany Caputti, especialista em Transtorno do Espectro Autista, mãe do Theo e esposa do Douglas, ambos com TEA, esta promoção é realmente um presente para as famílias.

Segundo Daiany, frequentadora assídua do Vale dos Dinossauros, se para uma criança sem o diagnóstico de autismo ter contato com animais e com a natureza já é importante, para o autista os benefícios são imensos.

“Esse contato permite que a criança autista tenha seu repertório sensorial ampliado, desenvolve o emocional e o sistema nervoso, aumentando a tolerância às situações novas. E ainda, promove experiências variadas e ricas com diversos estímulos sensoriais”, disse.

A advogada Aline Milanez é mãe do Joaquim de 4 anos, que também foi diagnosticado com TEA, em 2021. Para ela, levar o filho no Dreams Eco Park, além de um momento de lazer, será uma terapia. “Muitos médicos indicam o passeio de cavalo (equoterapia) como parte do tratamento. Melhora a motricidade e gera benefícios ao equilíbrio, concentração e postura”, destacou.

O parque

O Dreams Eco Park, em Foz do Iguaçu é o mais novo parque ecológico da região trinacional. Localizado ao lado do Dreams Park Show, é um espaço de conscientização e cuidado as aves, animais e a mata atlântica, mas que também oferece diversas opções de lazer e entretenimento para todas as idades.

Numa área de mais de 30 mil metros quadrados, abriga o Centro de Falcoaria, um espaço destinado a proteção e readaptação das aves de rapina e uma imersão na arte e história falcoaria, técnica milenar trazida da Europa cujo objetivo é reabilitar aves de rapina (carnívoras) a caçar.

Também a Mini Fazenda. Dentro das casinhas vermelhas, que parecem a versão moderna dos “3 Porquinhos”, tem um casal de lhamas, porquinhos da índia, vacas, patos, gansos, pavões, cavalos, ovelhas, cabritos, avestruzes, entre outros animais. Além parquinho e uma área de descanso e piqueniques.

No Dreams Eco Park, os visitantes também podem andar de cavalo.

Para conhecer as técnicas aplicadas pelo Centro de Falcoaria e o voo das aves, o visitante pode escolher dois horários: às 10h30 e às 16h. Antes, às 10h e às 15h30 tem a apresentação dos cavalos.

Mais informações no site: https://dreamsecopark.com.br/ ou https://dreamsparkshow.com.br/

 

 

 

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp