Variedades

Dia do Beijo: Invista no beijo para criar conexão

Você sabia que existe o dia do Beijo? Será comemorado dia 13, sábado.  O beijo é muito importante nas relações afetivas, criando conexões, aprofundando laços, demonstrando sentimentos, sinalizando a temperatura entre o casal.

A sexóloga holística Virginia Gaia comenta: “Geralmente, o beijo é um termômetro da química entre duas pessoas que se conheceram e se desejaram. É através do beijo que estas pessoas começam a descobrir o corpo do outro e criam conexões. Quando o beijo encaixa, costuma dar match e o jogo da sedução se estabelece.”

Muitos casais vão deixando o beijo de lado conforme o relacionamento evolui, mas beijar é muito importante em todas as fases de uma relação – inclusive quando o relacionamento está esfriando e ainda pode ser resgatado, inclusive com a ajuda do beijo. O beijo estimula todos os sentidos – visão, olfato, paladar e tato – e essa estimulação pode ajudar em trazer de volta a paixão do início do relacionamento.

O beijo também traz benefícios para a saúde no geral como: é antidepressivo – aumentando o nível de serotonina e da oxitocina no cérebro; aumenta a imunidade, alivia dores ao liberar endorfina, diminui o risco de doenças cardiovasculares, exercita músculos, diminui o risco de problemas dentários, ajuda a emagrecer, e diminui os sintomas de alergia.

Na cultura oriental o beijo na boca, por exemplo, é valorizado no Kama Sutra (com algumas menções e indicações para que seja curtido plenamente na vida amorosa e sexual) e o Tantra também fala sobre a importância do beijo na boca para a conexão erótica entre os parceiros.

A sexóloga, que trabalha com uma abordagem holística, sugere aos casais: “Aproveitem o Dia do Beijo para investir tempo para os beijos, desde aquele cotidiano de bom dia até o mais quente. Que tal propor uma brincadeira: explorar o corpo inteiro do parceiro apenas com beijos, variando intensidades, incrementando com produtinhos com sabores e ou sensações de esquenta/esfria, por exemplo”.

Virginia Gaia é astróloga, taróloga e estudiosa de mitologia e religião comparada há mais de 15 anos. 

Deixe uma resposta