Variedades

Em novo espaço, 13ª edição da Feira do Livro terá mais de 200 atrações

A 13ª edição da Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu, que ocorrerá em entre dias 7 e 17 de setembro, será realizada em um novo espaço e também terá mais atrações, como a “Cozinha Literária”.

O lançamento oficial da semana mais cultural da cidade ocorrerá na próxima terça-feira (29), às 9h, no “Complexo Bordin”, na Avenida Juscelino Kubitscheck, novo endereço da Feira. Durante a solenidade que, contará com a presença de autoridades públicas, segmento literário e acadêmico, imprensa e comunidade, será divulgada a programação completa do evento. Serão mais de 200 atividades, divididas entre oficinas literárias, sessões de autógrafos, lançamentos de livros, palestras, contações de histórias, apresentações artísticas e musicais.

Assim como nas edições anteriores a feira reunirá os maiores nomes da literatura local, regional, nacional e internacional. Uma das presenças confirmadas para conversar com o público e a homenageada do evento será a escritora Ana Maria Machado, autora de mais de cem livros e 20 milhões de exemplares vendidos, em 26 idiomas. Também estarão presentes o cantor, compositor e escritor Martinho da Vila; o autor Miguel Sanches Neto e o jornalista, comentarista esportivo e escritor gaúcho, Fernando Baldasso.

Segundo o assistente do diretor-geral da Itaipu, Alexandre Teixeira, a Itaipu apoia o evento por acreditar que a cultura e a educação são as molas propulsoras para um país mais desenvolvido. “Investir em Cultura é investir no futuro. Numa sociedade mais igualitária, solidária e amiga. A feira é um evento de sucesso e a Itaipu estará ao lado sempre, fomentando a cultura na cidade”.

Novidades

De acordo com Juca Rodrigues, diretor-presidente da Fundação Cultural, este ano a Feira além de ganhar um novo endereço, também terá um espaço físico maior. Serão 4,100 metros. Serão três auditórios (dois com capacidade para 300 pessoas e um para mil pessoas) para palestras, salas para contação de história e a “Cozinha Literária”, onde serão apresentados  livros de gastronomia e cozinha experimental com chefes paranaenses e também de outros estados brasileiros.

A Fundação Cultural decidiu mudar o local porque no Complexo Bordin funcionam diversas secretarias da prefeitura municipal, em especial a Secretaria Municipal de Educação e por contar com um bom espaço físico tanto para montagem dos estandes como também para estacionamento. “Acreditamos que o local atenderá as nossas necessidades e também dos visitantes, pois integra o corredor turístico e possui fácil acesso, tanto para quem irá de carro como de ônibus”.

E também tem capacidade para atender os estudantes, pois estão programadas caravanas de alunos das redes municipal, estadual e particular de ensino. A expectativa é receber cerca de mil estudantes por dia.

A Feira Internacional do Livro é uma realização da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu e conta com o apoio da Itaipu Binacional.

 

Deixe uma resposta