Esporte

Equipe Honda Racing vai a Atibaia (SP) para rodada dupla do Brasileiro de Motocross

O Campeonato Brasileiro de Motocross continua nesta semana (19 a 21/11) com rodada dupla, em Atibaia (SP). A cidade do interior paulista será palco da quarta e quinta etapas da temporada 2021, que prometem fortes emoções e novidades. A equipe Honda Racing chega para mais uma disputa com o time oficial com Hector Assunção e Jetro Salazar na MX1, além de Leonardo Souza e Henrique Henicka na MX2. Campeão brasileiro de enduro na geral e na categoria E1, Bruno Crivilin encara pela primeira vez uma prova de motocross na MX2. Com duas vitórias na temporada, o paulista Hector Assunção está empolgado com esta sequência na competição. “Será uma rodada dupla, assim como em Faxinal (PR). Estou animado com a primeira posição na última bateria em Fagundes Varela (RS) e me inspirando na frase que diz que ‘você é tão bom quanto a sua última corrida’. Tenho que vencer essas próximas baterias para buscar o campeonato”, ressalta Assunção, terceiro colocado na classificação da MX1 com 112 pontos. Ele acelera a motocicleta CRF 450R.

Com o mesmo modelo e na mesma categoria, Jetro Salazar está preparado para mais um desafio. “Estou 100% na condição física e tenho muita velocidade. Teremos até o fim do campeonato quatro etapas e oito baterias muito importantes. Estou focado para trazer um bom resultado e disputar o título”, diz o equatoriano radicado no Peru, que está em quarto na tabela, com 107 pontos.

Pela MX2, Leonardo Souza e Henrique Henicka contam que realizaram fortes treinos para essas etapas. “Estou feliz com os meus resultados na pista durante essas últimas semanas. Sinto que estou muito bem para encarar uma rodada dupla e me preparei bastante, seja fisicamente e com o acerto da moto, suspensão e outros detalhes”, explica o catarinense Souza que utiliza a CRF 250R. Ele é o quinto colocado na classificação da categoria, com 100 pontos. “Vai ser uma grande etapa. Consegui treinar mais e corrigir os pontos que estava errando”, comenta o gaúcho Henicka, que ocupa a oitava posição no ranking da categoria, com 77 pontos.

Além do time oficial, a equipe satélite Honda Circuit FK Racing reforça o esquadrão vermelho nessa etapa com os pilotos Gustavo Pessoa (MX1), Gabe Gutierres (MX2) e Otavio Pedro (MX2JR).  Campeão brasileiro de enduro, Bruno Crivilin encara o motocross – Depois de disputar o Mundial de Enduro, no qual finalizou a temporada 2021 na sexta colocação da classe E1 – o melhor resultado de um brasileiro na competição – e conquistar o atual tetracampeonato brasileiro de enduro na geral e na categoria E1 na última segunda-feira (15/11), Bruno Crivilin terá a experiência de participar de uma prova de motocross. Com a CRF 250RX, a mesma moto que ele utiliza nas provas de enduro, ele largará na MX2. “Estou muito contente em correr essa prova do Brasileiro de Motocross. É a minha primeira vez na modalidade e estou ansioso para saber como é. Já assisti a uma corrida dos meninos, mas nunca alinhei em um gate. Nunca senti essa sensação. Espero passar um fim de semana muito bom. Tenho vários amigos no motocross e quero aprender o máximo com eles. Não tenho pressão nem cobrança e quero mesmo me divertir”, destaca o capixaba.  A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Fox, DID, Zeta e Seguros Honda. Campeonato Brasileiro de Motocross 2021 – 4ª e 5ª etapasLocal: Atibaia (SP) Programação completa* Sexta-feira – 19/11 Treinos Livres / Classificatórios8h às 8h30 – MX28h35 às 9h05 – MX19h10 às 9h30 – MXJR9h35 às 9h55 – MX310h às 10h20 – MX2JR10h25 às 10h40 – MXF Provas 11h40 – MX2 – 30 min + 2 voltas12h35 – MX1 – 30 min + 2 voltas13h25 – MXJR – 20 min + 2 voltas14h30 – MX3 – 20 min + 2 voltas15h – MX2JR – 20 min + 2 voltas15h35 – MXF – 15 min + 2 voltas16h15 – Elite MX – 30 min + 2 voltas17h – Pódios

Sábado – 20/11 Treinos Livres8h às 8h15 – MX48h20 às 8h35 – Nacional8h40 às 8h55 – 65cc9h às 9h15 – MX59h20 às 9h35 – 50cc9h40 às 9h55 – MXJR (Etapa Faxinal) Treinos Classificatórios10h25 às 10h40 – MX410h45 às 11h – Nacional11h05 às 11h20 – 65cc11h25 às 11h40 – MX512h45 às 12h – 50cc Provas 13h – MX4 – 15 min + 2 voltas13h35 – Nacional – 15 min + 2 voltas14h10 – 65cc – 15 min + 2 voltas15h10 – MX5 – 15 min + 2 voltas15h45 – 50cc – 15 min + 2 voltas16h20 – MXJR – 15 min + 2 voltas (Etapa Faxinal)17h – Pódios Domingo – 21/11Treinos Livres / Classificatórios8h às 8h30 – MX28h35 às 9h05 – MX19h10 às 9h30 – MXJR9h35 às 9h55 – MX310h às 10h20 – MX2JR10h25 às 10h40 – MXF Provas 11h40 – MX2 – 30 min + 2 voltas12h35 – MX1 – 30 min + 2 voltas13h25 – MXJR – 20 min + 2 voltas14h30 – MX3 – 20 min + 2 voltas15h – MX2JR – 20 min + 2 voltas15h35 – MXF – 15 min + 2 voltas16h15 – Elite MX – 30 min + 2 voltas17h – Pódios