Turismo

Feriadão: Itaipu recebe 30% a mais de turistas que o esperado e média de visitação bate 2016 

Foi um feriadão excepcional para o turismo de Itaipu. Um total de 8.380 pessoas visitou as atrações turísticas da usina,  de sexta-feira, 21, feriado de Tiradentes até domingo, 23. O número é quase 30% maior do que o esperado pelo Complexo Turístico Itaipu (CTI) para o período. O CTI trabalhava com uma expectativa de 6.500 turistas. Na média, a visitação foi bem superior à do ano passado. Só o Refúgio Biológico Bela Vista (RBV) teve um salto de 80%.

Além do efeito oncinha – a nova atração do RBV-, a alta do movimento é atribuída em grande parte a uma campanha de divulgação da Fundação Parque Tecnológico Itaipu em um quiosque de um shopping da cidade próximo à fronteira do Brasil com a Argentina. Ali circulam dezenas de argentinos, que são os que mais visitam Itaipu, depois dos brasileiros.

O movimento é menor do que o registrado em 2016, nos dados gerais, porque o feriadão teve quatro dias no ano passado – caiu numa quinta-feira. Foram 9.263 visitantes contabilizados no período. Na média diária, no entanto, 2017 ganha. São 2.316 turistas diários em 2016,  de quinta a domingo, ante 2.973 visitantes por dia, neste feriadão, de sexta-feira a domingo.

Para o gerente geral do CTI, Yuri da Silva Benites, a melhoria dos números é um reflexo da retomada da economia nacional. “Os brasileiros aos poucos voltaram a viajar. O Destino Iguaçu tem sido uma boa opção e Itaipu entrou definitivamente no roteiro dos viajantes”, diz. 

Comparações

Na comparação dos três dias, 2017 teve visitação superior. O Refúgio Biológico Bela Visita recebeu 445 visitas, um aumento de 80%. Passou de 247 para 445. O Porto Kattamaram teve 70% de crescimento na visitação, de 317 para 539. A visita panorâmica subiu 33%, de 4.069 para 5.415.O Circuito Especial teve um salto de 23%, passando de 525 para 648.  A Iluminação da Barragem e o Ecomuseu tiveram crescimento semelhante. O show de luzes foi visto agora por 845 pessoas ante 739 em 2016, com 14% de aumento. Já o Ecomuseu foi visitado por 338 pessoas contra 298 no ano passado, aumento de 13%.         

Deixe uma resposta