Autos e Motos - Roberto Nunes

Fiat chama Cronos HGT de sedã esportivado: sem motor turbo, fica no visual esportivo

A esportividade passa muito longe dos carros de rua no Brasil. Para dar o ar esportivo, há veículos que surgem com componentes visuais e aerodinâmicos, como frisos, nomenclatura GT, saias laterais, spoilers, aerofólios, rodas exclusivas, além de “peças cromadas” no conjunto de pedaleiras, maçanetas ou com um volante de desenho irado. Sob o capô, a onda do motor turbinado está sendo reforçada por muitas fabricantes como a Fiat, que lançará modelos inéditos com propulsor turbo a partir de 2021.

Enquanto isso, a marca italiana ousa no design do Argo e do Cronos. O sedã médio compacto da Fiat surgiu no ano passado com visual incrementado na versão HGT.  O jornalista Roberto Nunes andou no Cronos HGT com “vestimenta” black. Esta configuração incorpora um pacote generoso de equipamentos. Nas ruas, o sedã deixa ar vistoso por onde passa com rodas de 17”, spoiler e retrovisores em preto, grade frontal escurecida, maçanetas na cor do veículo e logos Fiat escurecidos.

Mas não é essa esportividade visual que o Cronos oferece, viu. A Fiat equipa seu sedã para toda a família e usa a expressão esportivado. Entre os destaques, estão quadro de instrumentos de 7 polegadas, ar-condicionado digital, revestimento em tecido especial HGT, teto e detalhes internos em preto, tapetes e logos Fiat escurecidos no volante e na chave.

Brigando hoje com o Volkswagen Virtus, modelo que é ofertado com opção de dois motores modernos e turbinados, o Cronos quer seu espaço na garagem do brasileiro. A Fiat trouxe inovações e tem como argumento o bom espaço traseiro para bagagens, com ângulo e sistema para levantar a tampa que permite uma maior abertura em relação aos concorrentes com volume semelhante, o que facilita a acomodação principalmente de itens de maior dimensão e proporciona maior segurança, uma vez que a tampa se afasta mais do usuário, evitando colisões acidentais no momento de acomodar as cargas.

O Fiat Cronos é vendido com novas cores: Vermelho Montecarlo (sólida) e Cinza Silverstone (metálica), além das já tradicionais Preto Vulcano e Branco Banchisa (sólidas), Preto Vesúvio e Prata Bari (metálicas), além do Branco Alaska e Vermelho Marsala (perolizadas). São seis versões, duas possibilidades de motores e três opções de transmissão. Assim, o Cronos HGT é o mais completo. Custa R$ 78.490 e pode ser incluído ainda opcionais como teto bicolor, bancos de couro, câmera de ré, side bags e o Kit Tech 2 composto por Keyless Entry’N’ Go, retrovisor com rebatimento elétrico e luz de conforto, sensor de chuva e crepuscular e retrovisor eletrocrômico

O Cronos HGT vem equipado com câmbio automático de seis velocidades e motor 1.8 E.torQ Evo VIS com recurso Neutral Function, que auxilia na economia de combustível ao desacoplar o motor da transmissão em paradas rápidas de trânsito. É o start/stopo para garantir menor consumo de combustível, já que este propulsor tem média de 10 km/litros, segundo o próprio computador de bordo do veículo.

De série, o sedã vem com roda de liga leve de 16”, paddle shifters para trocas de marchas atras do volante, além de frisos, maçanetas externas e para-choques com detalhes cromados. O volante é em couro e há piloto automático e apoia braço para o motorista. É bom lembrar que o banco traseiro bipartido e o sedã traz sensor de estacionamento e uma moderna central multimídia Uconnect de 7 polegadas.

Além da versão de entrada 1.3 (R$ 58.990), a Fiat oferece também as configurações Cronos Drive 1.3 MT (R$ 61.990), Cronos Drive 1.3 GSR (R$ 66.690), Cronos 1.8 AT (R$ 69.990) e Cronos Precision 1.8 AT (R$ 75.490).

Deixe uma resposta