Turismo

Foz bate recorde de visitação em julho

Foto: Christian Rizzi
Foz do Iguaçu, um dos mais importantes destinos turísticos do país, registrou a maior visitação no mês de julho. O Parque Nacional do Iguaçu, unidade de conservação que abriga as Cataratas do Iguaçu, recebeu 225.588 pessoas contra 213.701 visitantes do mesmo período do ano passado.  
 
Com isso, o parque registrou crescimento de 6% na visitação turística. O movimento em alta no mês de férias escolares propiciou que a unidade superasse a marca de 1 milhão de visitantes. De janeiro a julho, 1.127.615 pessoas visitaram uma das 7 Maravilhas da Natureza. 
 
“O turismo regional e internacional, especialmente daqueles países com isenção de visto, como é o caso dos Estados Unidos, Austrália, Japão e Canadá, mais países andinos e europeus, China e Coréia, é que estão com forte crescimento”, destacou o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla.
“Tivemos um mês de julho que superou as expectativas, indicando que o segundo semestre será bem melhor que o primeiro e poderemos fechar o ano novamente com recorde de visitantes”, acrescenta Piolla.
 
Lideram o ranking de países que visitam o atrativo:  Brasil, Argentina, Paraguai, Estados Unidos, França, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Peru,Coreia do Sul, China, Uruguai, entre outros. 
 
Isenção de visto
Foz do Iguaçu é um dos destinos brasileiros mais beneficiados pela isenção do visto, adotada no dia 17 de junho pelo Governo Federal. A medida refletiu no movimento de norte-americanos na cidade. Segundo balanço divulgado pelo Parque Nacional, nos sete primeiros meses do ano, o número de turistas deste país cresceu 47%. 
 
De janeiro a julho deste ano, 26.599 visitantes dos Estados Unidos passaram pelas Cataratas do Iguaçu, enquanto que no mesmo período do ano passado 18.104 estiveram no atrativo. 
 
Em alta
O Canadá mantém um forte ritmo de crescimento com 47%; seguido do Uruguai, 36%; Peru, 31%; Chile, com 27%; Israel, com 27%; Espanha, 25%; Coréia do Sul, 25%; França, 22%; Inglaterra, 21%; e China, com 8%. 
 
Os bolivianos continuam a incluir Foz do Iguaçu no roteiro de viagens neste ano. De acordo com o PNI, nos sete meses deste ano, houve um crescimento de 39% na visitação de turistas deste país. O número deve crescer ainda mais com o início do voo entre Foz e Santa Cruz de La Sierra, em dezembro, pela operadora Amaszonas. 
 
Emprego e renda
A Gestão Integrada deve continuar trabalhando visando a dar continuidade a esse crescimento. Só assim a indústria turística em nossa cidade se sustenta, cresce e gera novos negócios e mais empregos.”, disse Enio Eidt, presidente do Fundo Iguaçu.
 
“A visitação no Parque Nacional do Iguaçu, que abriga as Cataratas do Iguaçu, foi histórica, a melhor desde que o movimento na unidade de conservação começou a ser registrado, em 1980. A Gestão Integrada do Turismo recebe esse número com entusiasmo, por tudo o que ele reflete em termos de geração de emprego, renda e desenvolvimento para a nossa cidade.”, avalia Carlos Silva, presidente do Comtur.
 

Deixe uma resposta