Foz do Iguaçu vai receber 600 eventos até final do ano

O Fórum dos Presidentes de Cooperativas, a partir desta quinta-feira (15), está entre os 600 eventos previstos até o final do ano em Foz do Iguaçu, segundo a Secretaria Municipal de Turismo e Projetos Estratégicos, com base nos dados nos primeiros cinco meses de 2023. De 1º de janeiro a 31 de maio, a prefeitura emitiu 178 alvarás para fóruns, congressos, festivais musicais e de culinária, competições esportivas, entre outros.

Os eventos são fundamentais para movimentar a economia nos períodos de sazonalidade turística, afirma o prefeito Chico Brasileiro. “Foz do Iguaçu retomou aquela frequência de eventos de antes da pandemia, trazendo de volta um setor da atividade turística que contribui para a ocupação da rede hoteleira, restaurantes e demais serviços. Estes visitantes sempre vêm acompanhados de familiares que aproveitam para visitar os atrativos na baixa temporada”, destacou.

De acordo levantamento da Divisão de Apoio à Realização de Eventos Turísticos Locais da Secretaria de Turismo, o total de liberações de alvarás eventuais de janeiro a maio deste ano representa um aumento de 19,68% em relação ao mesmo período no ano passado. A estimativa é de que até o final de 2023 esse número possa chegar a 590, frente aos 493 realizados durante o ano de 2022.

O aumento no número ressalta a aceleração na retomada dos eventos no período pós pandemia, afirma o secretário de Turismo e Projetos Estratégicos, André Alliana. “Também reflete a melhora na capacidade de atendimento em Foz do Iguaçu, tanto da infraestrutura quanto da recepção das atividades”, completou.

Estrutura

Além de movimentar a cidade, os eventos representam papel fundamental na cultura, no turismo e na economia local. São geradores e distribuidores de renda, atraem turistas e incentivam a produção cultural. Foz do Iguaçu é o terceiro maior receptor de eventos internacionais no Brasil, atrás apenas das cidades de Rio de Janeiro e São Paulo, de acordo com o ranking ICCA (International Congress and Convention Association).

A rede hoteleira, além de dispor de salas de convenções para até cinco mil pessoas, é formada por aproximadamente 27 mil leitos de hospedagem. De olho nestes dados a Embratur vai incluir o destino em uma série de ações para colocar o Brasil como protagonista no segmento MICE – meetings, incentive, conferences and exhibitions (reuniões, incentivo, conferências e exposições).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp