Variedades

Estado e município investem R$ 650 milhões na expansão da Prati em Toledo

Governador Carlos Massa Ratinho Junior durante anúncio de investimentos pela Prati Donaduzzi - Curitiba, 05/02/2020 - Foto: José Fernando Ogura/AEN

O governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, formalizou na manhã desta quarta-feira (05), uma parceria com a empresa toledana de medicamentos, Prati-Donaduzzi. O protocolo de intenções foi firmado no Palácio Iguaçu, em Curitiba, por meio da Invest, antiga Agência de Desenvolvimento do Paraná (APD).

A parceria prevê compromissos de ambas as partes, visto que o Governo do Estado concederá benefícios fiscais e tributários à empresa. Em contrapartida a farmacêutica investirá aproximadamente R$ 650 milhões em seu projeto de crescimento e aumento da capacidade produtiva. A Prefeitura Municipal também fez sua parte e fez a indicação da doação de uma área de 7.804,34m².

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior destaca a relevância de tais incentivos para que novas empresas invistam no Paraná. “A missão do Governo do Estado é proporcionar um ambiente em que as empresas possam vir, investir e criar empregos para a nossa população e acima de tudo ter a certeza de que cada vez mais boas empresas se instalem e ampliem as suas atividades no Estado”, afirmou.

O governador também destacou a relevância da Prati-Donaduzzi para o cenário econômico regional e estadual, uma vez que a empresa gera mais de 4.500 empregos diretos e é a maior produtora de medicamentos genéricos do país. “A partir desta parceria, a Prati irá gerar ainda mais empregos e renda para a nossa população, além é claro de poder oportunizar uma gama ainda maior de medicamentos genéricos, que custam menos ao bolso dos paranaenses”.

O anúncio dos investimentos foi motivo de satisfação para os representantes da empresa e principalmente para o sócio-fundador e presidente do conselho administrativo da Prati-Donaduzzi, Luiz Donaduzzi, que reforçou a relevância da cidade de Toledo e do Estado do Paraná para o desenvolvimento dos negócios da empresa.

“A Prati continua crescendo muito e gerando cada vez mais empregos todos os anos, além do aumento significativo na geração de impostos de tempos em tempos. Tudo isso com um trabalho sério que nos deixa muito felizes e só é possível porque estamos enraizados em uma cidade e em um Estado que proporciona o desenvolvimento”.

O prefeito Lucio de Marchi também esteve presente no evento de assinatura do termo de intenções em Curitiba e salientou que esse é um momento de enorme relevância para a economia toledana. “Em Toledo nós temos uma grande vertente que é o agronegócio, com a produção de suínos, aves, peixes, leite, soja e trigo e agora passamos a ter essa nova grande vertente que é o ramo de medicamentos. A Prati já é a maior produtora de medicamentos genéricos do país e quem sabe a partir de agora dê início a exportação de medicamentos para o mundo todo. Isso é bom para a Prati, bom para Toledo e bom para o Paraná”, destacou o prefeito.

“Nós já encaminhamos para a Câmara de Vereadores um projeto de lei que prevê a doação de um terreno do município para a empresa, que fica ao lado do estacionamento da atual sede da Prati-Donaduzzi. Essa doação visa contribuir na expansão da empresa e também na geração de novos postos de trabalho para os nossos munícipes”, revelou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnológico de Inovação e Turismo do município, Jozimar Polasso, que também se fez presente no evento.

Projeto

Com a assinatura do termo de intenções, a Prati-Donaduzzi se comprometeu com a construção e ampliação de sua estrutura física (Uma nova unidade fabril na sede da empresa), aquisição de novos equipamentos de última geração, incentivo à pesquisa, desenvolvimento e inovação. A indústria planeja chegar à produção de 17 bilhões de doses por ano.

O diretor-presidente da Prati-Donaduzzi, Eder Maffissoni, lembra que com esse novo investimento a empresa aumentará a sua produção e isso será benéfico para toda a população. “Com essa parceria conseguiremos comportar novos produtos e fazer também com que esses medicamentos cheguem à população com valores acessíveis, pois sempre que entramos em uma concorrência para vender os medicamentos ao Estado conseguimos uma redução de até metade do preço. Posso dizer que todos ganham e nós nos fixamos no Paraná, uma vez que o nosso coração é toledano e paranaense”, comentou o presidente.

Inicialmente o aporte será de R$ 650 milhões, no entanto esse montante pode chegar aos R$ 800 milhões nos próximos anos e atingir R$ 1 bilhão em uma década. Com o aporte a empresa pretende atuar principalmente na área de prescrição, tratando doenças como o Parkinson, Alzheimer, ansiedade, depressão, epilepsia e epilepsia refratária. A ideia é aumentar em 3,6 bilhões de doses a produção anual da empresa, contando ainda com a construção de um novo Centro de Distribuição.

Toledo recebe investimentos também em usinas de biogás

O investimento de R$ 650 milhões da empresa de medicamentos se soma a outro de R$ 80 milhões anunciado no mês passado em Toledo, em duas usinas de produção de biogás. Também por meio da Invest Paraná, o Governo do Estado firmou convênios de R$ 60 milhões com a empresa alemã Mele e de R$ 20 milhões com a indústria paranaense Compostec para a instalação de duas usinas que utilizarão como matéria-prima dejetos suínos e resíduos das agroindústrias.

Segundo o prefeito Lúcio de Marchi, esses investimentos contam a história do passado e do futuro da cidade. “Toledo cresce muito acima da média estadual e federal, e a Prati-Donaduzzi atrai empregos de muita qualidade, com 4,5 mil empregos diretos, fora os indiretos e aqueles do início da construção, porque muitas pessoas vão trabalhar para erguer essa planta”, afirmou.

“Toledo já exporta carne para todo o mundo, mais de 100 países, temos essa tradição que transformou a região Oeste. É uma cultura com 1,18 milhão de suínos e 10 milhões de frangos, por exemplo. E em breve vamos exportar medicamentos. Temos essa nova vertente da biotecnologia, da produção de ciência, de uma empresa com a tradição da Prati-Donaduzzi, o que engrandece o município”, arrematou Marchi.

Com informações da AE Notícias

Deixe uma resposta