Esporte

Honda Racing cumpre primeira parte da etapa Maratona no Sertões 2021

Os pilotos da equipe Honda Racing completaram a primeira parte da etapa Maratona do Sertões 2021, nesta quarta-feira (18/8), no trajeto entre São Raimundo Nonato (PI) e Xique-Xique (BA). Nesta quinta-feira (19/9), a prova segue sem permitir auxílio mecânico externo no percurso com direção a Petrolina (PE), o qual terá 328 km de especiais (trechos cronometrados) – e o total de 476 km. Jean Azevedo segue firme em segundo lugar na classificação geral das motos e da categoria Moto 1, com a CRF 450RX. Bissinho Zavatti utiliza a mesma motocicleta e lidera a Moto 2, enquanto Tiago Wernersbach permanece na ponta da tabela da Brasil, acelerando a CRF 250F.

A primeira parte da Maratona, válida como o quinto dia de provas do Sertões 2021, incluiu 442 km, 328 deles de especiais. Com o término das disputas, apenas os pilotos estão autorizados a fazer pequenos ajustes em suas motocicletas, que foram conduzidas ao Parque Fechado. A estrutura de apoio da equipe Honda Racing seguiu direto para o próximo ponto do roteiro, a cidade de Petrolina, onde poderá voltar a prestar assistência aos competidores.

“A moto está 100% para a segunda parte da Maratona, o que é muito importante, já que não vamos ter apoio mecânico e nem poder mexer muito nos equipamentos”, reforça o experiente Jean Azevedo, de olho no oitavo título da geral. Ele é o maior vencedor da história das motos no Sertões. “A primeira perna da Maratona teve mais de 200 quilômetros de areia, sem dúvidas foi um dia decisivo para o rally”, continua o paulista.

Além de liderar a classe Moto 2, da qual é o atual campeão, Bissinho Zavatti assumiu a terceira posição no ranking geral das motocicletas. “A quinta especial começou um pouco rápida, em trecho de piçarra, e depois passou por uma região de muita areia. Fazia muito tempo que não andava em uma especial tão pesada assim. Foi um bom dia, e o mais importante é ter cumprido bem a primeira perna da Maratona. A moto está perfeita, agora vou me preparar para terminar a segunda parte. Vamos para frente”, avisa o paulista.