Turismo

Hotel de Foz do Iguaçu promove palestra gratuita sobre Dengue e Coronavírus

O primeiro contato entre o Grupo Viale e a infectologista dra. Flávia Trench ocorreu em função das notícias da proliferação do coronavírus, no fim de janeiro. O vírus, transmitido por gotículas respiratórias ou contato, deixou o mundo todo em alerta. Em Foz do Iguaçu, cidade que recebe milhões de turistas, os trabalhadores da hotelaria ficaram extremamente preocupados. “Procuramos a dra. Flávia Trench para entender o que deveríamos fazer para proteger nossa equipe e para tranquilizar os hóspedes,” conta o gerente do Viale Cataratas Hotel e Eventos, Lee Chih Li.

Como as orientações foram muito claras e assertivas, surgiu a ideia da palestra. “Inicialmente faríamos apenas para nossos funcionários, mas como há muitos moradores de Foz preocupados também, decidimos ampliar para a participação da comunidade,” convida Fernando Higa, gerente do Viale Tower Hotel, no Centro de Foz do Iguaçu, onde será realizada a palestra gratuita nesta quarta-feira (19), às 20h. Para participar, basta se inscrever pelo telefone 45 3027-9903.

Com o número crescente dos casos de dengue em Foz do Iguaçu e o anúncio da primeira morte pela doença feito pela Prefeitura do município na última sexta-feira (14), decidiu-se abordar esse tema também na palestra. Mais de mil casos já foram confirmados na cidade. Dra. Flávia Trench destaca o fato de vivermos numa cidade peculiar, de fronteira tríplice, com dezenas de etnias residentes e sendo destino turístico de pessoas de todo o mundo. “Temos que estar em permanente vigilância para garantir a saúde daqueles que circulam por aqui,” antecipou a especialista, “sempre com o foco na prevenção e primando pela transparência e pelas atitudes baseadas no que a ciência preconiza, sem histeria ou sensacionalismo”.

Dra. Flávia Trench é médica, com mestrado em doenças infecciosas e parasitárias pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Tem título de especialista em infectologia pela Sociedade Brasileira de Infectologia. Atualmente é professora assistente do curso de medicina da Universidade Federal da Integração Latino Americana (UNILA). Tem experiência na área de medicina, com ênfase em clínica médica, doenças infecciosas e parasitárias, atuando principalmente nos seguintes temas: gripe H1N1, malária, epidemiologia, AIDS, infecções relacionadas à assistência à saúde, epidemiologia hospitalar, hepatite B e dengue, medicina do viajante.

Para aprofundar o debate em torno da dengue, também foi convidado para participar da palestra o médico veterinário dr. André Leandro, com Mestrado em Ciências Veterinárias. Ele integra as equipes de combate à dengue em Foz do Iguaçu há 21 anos.

Além da teoria: mutirão

Depois das orientações repassadas na palestra agendada para quarta-feira (19), os funcionários e gestores dos dois hotéis da rede iguaçuense Viale participarão de um mutirão interno em que farão uma vistoria minuciosa no Viale Tower Hotel (Centro) e no Viale Cataratas Hotel e Eventos (Av. das Cataratas). As equipes serão acompanhadas por profissionais do Centro de Controle de Zoonoses e de profissionais da área ambiental como forma de conscientização ambiental e como incentivo para que as ações sejam replicadas em casa.

Deixe uma resposta