Lançamentos

Líder premium: Mercedes encerra 2017 com 12,4 mil emplacamentos 

 

Um fator que certamente contribuiu para esses resultados foi a produção local do Classe C e GLA na fábrica de automóveis de Iracemápolis. Ambos os modelos fabricados no País representam 61,2% do volume de emplacamentos de 2017, com 7.631 unidades. Nesse cenário, somente o Classe C sedã registrou 4.061 unidades comercializadas, se mantendo líder em seu segmento e o modelo mais vendido pela Mercedes-Benz. Das versões do Mercedes-Benz GLA produzidas em Iracemápolis, foram registrados 3.570 veículos emplacados. O SUV compacto da marca recebeu uma atualização nos elementos de design interior e exterior, que impressionam por uma linguagem mais agressiva.

O ano de 2017 foi também especial para a divisão de veículos de alta performance da marca. Criada em 1967, a AMG completou 50 anos de existência, desde então, se especializando em desenvolver projetos que aplicam tecnologias de automóveis de corrida nos modelos de rua. Mas, além disso, outro marco para a história da fabricante de Affalterbach foi registrado no Brasil ao conquistar novamente a liderança do segmento em 2017 com 621 unidades emplacadas, que representaram 45,2% de market share. Esses números marcam um aumento de 14% nas vendas em relação à 2016 que se deu, principalmente, em função do lançamento das versões AMG dos utilitários GLC e GLC Coupé, que figuram no topo dos modelos mais vendidos.

Outro fator fundamental para os resultados em 2017 foi a ampliação da rede de concessionários da Mercedes-Benz, iniciada em 2014. Nesse período, a marca passou de 38 para 55 pontos pelo Brasil, incluindo 12 AMG Performance Centers. Além disso, durante o ano de 2017, a marca investiu massivamente em programas de pós-venda e na modernização dos sistemas de recepção e orçamento, agilizando o atendimento aos clientes. Tais novidades compõem um portfólio de serviços de manutenção que se complementam. Entre eles, estão Expess Service, o MB Oil e MB Oil Care. Adicionalmente, houve ainda a expansão do portfólio de automóveis que fazem parte do programa de Revisão Declarada, permitindo ao cliente antecipar o custo de manutenção para os modelos Classe A, Classe B, Classe C, CLA, GLA e GLC.

Deixe uma resposta