Lançamentos

Mitsubishi Triton é uma das picapes mais econômicas do Brasil

Quais são as picapes mais econômicas? Esta pergunta passa pela cabeça de todo consumidor que pretende comprar uma e sabe que vai precisar esvaziar o bolso mais vezes ao mês para manter tanque cheio. Afinal, picape é uma categoria de veículo que por ser mais pesado e precisar de um motor mais potente, a economia de combustível não é das melhores.

Deste modo, a comparação por segmento de picape compacta com cabine simples e dupla, picape média flex e a diesel é relevante – todas no ano 2019. Agora, quem precisa de uma para trabalho ou lazer não precisa desanimar, pois, há uma forma de economizar, basta escolher o modelo com a maior autonomia entre elas.

Picape mais econômica média com motor a diesel

Mitsubishi L200 Triton Sport GLX 2.4 Manual

Valor: R$ 137.990

Autonomia diesel: 10,1 km/l cidade e 13,2 km/l estrada

L200 Triton

A picape da fabricante japonesa, mesmo com um poderoso motor de 190 cavalos e 43,9 kgfm de torque, apresenta uma autonomia melhor que outros carros a diesel até menos potentes. Além de ter bom desempenho e autonomia, a L200 Triton tem um design impactante. O defeito fica por conta dos itens de série, que são poucos para o valor que a picape é comercializada, a versão GLX, por exemplo, não tem sequer central multimídia.

 

Picape mais econômica com cabine simples

Chevrolet Montana SL1 1.4 Manual

Valor: R$ 54.290

Autonomia etanol: 7,7 km/l cidade e 9,0 km/l estrada

Autonomia gasolina: 11,4 km/l cidade e 13,2 km/l estrada

Montana
A Chevrolet Montana apesar de ser a mais econômica da categoria, tem alguns pontos negativos que a torna menos atraente para o consumidor. O primeiro deles é o visual, falta robustez e expressividade, deixando a picape sem qualquer apelo de um carro para lazer. Em 2003, quando foi lançada, tinha um visual à frente do seu tempo, mas que não se modernizou com o passar dos anos, tornando-a esteticamente desinteressante. Outro ponto crítico é o motor de 99 cavalos e 13 kgfm de torque que oferece um desempenho mediano. O valor, porém, é um dos mais atrativos da categoria que casado com a autonomia um pouco acima da média, faz do modelo uma opção considerável.

Picape mais econômica compacta com cabine dupla

Fiat Strada Freedom 1.4 Manual

Valor: R$ 76.990

Autonomia etanol: 7,4 km/l cidade e 8,5 km/l estrada

Autonomia gasolina: 10,8 km/l cidade e 12,3 km/l estrada

Strada

A Fiat Strada além de ser a picape mais vendida do Brasil em 2018 e se manter firme no seu lugar, é a mais econômica da categoria compacta com cabine dupla e também tem opções com cabine simples e estendida com uma boa autonomia, com a versão Working comercializada a partir de R$ 52.990. O visual é agradável, arrojado e conta com uma dose de agressividade.

Porém, como qualquer carro, a Strada tem algumas características negativas, a começar pelo motor 1.4 que é fraco para uma picape. Os 86 cavalos e 12,5 kgfm de torque não oferecem a potência esperada para um veículo de uso comercial que tem como principal função transportar carga em sua caçamba de 650 litros. A segurança também é um fator que decepciona. No teste do Latin NCAP, a Strada conquistou apenas 1 estrela de 5 na categoria adulto e 3 na infantil.

Picape mais econômica média com motor flex

Fiat Toro Endurance / Freedom 1.8 automática

Valor Endurance: R$ 98.990

Valor Freedom: R$ 109.990

Autonomia etanol: 6,4 km/l cidade e 7,8 km/l estrada

Autonomia gasolina: 9,5 km/l cidade e 11,2 km/l estrada

Toro

A Fiat Toro tem dimensões muito específicas, o que a coloca entre as picapes compactas e médias, mas como é necessário enquadrá-la em uma categoria, o lugar mais apropriado para ela é entre as médias. A grande aposta da marca italiana tem se destacado positivamente em vários aspectos, um deles é na economia de combustível, que além de ser a que tem a melhor autonomia (mesmo sendo automática), é a única picape flex que conquistou a nota ‘A’ na Classificação PBE Relativa da Categoria. Além disso, a Toro tem um visual capaz de conquistar até os que nunca pensaram em ter uma picape. A segurança não é 5 estrelas, mas é 4.

Por outro lado, o motor 1.8 de 139 cavalos e 19,3 kgfm de torque tem um bom desempenho, mas uma picape deste porte pede um motor mais potente. As versões com motorização 2.0 a diesel apresentam uma performance muito melhor, mas como é de se esperar são menos econômicas.

 

Texto: Mobiauto

Deixe uma resposta