Turismo

Monter Jam reúne 30 mil apaixonados em São Paulo, entre eles, o iguaçuense, Lucas Olivieski

 

Segundo a mãe, a jornalista Silvia Olivieski, Lucas gosta de monster trucks há bastante tempo. Tanto que no aniversário de cinco anos, pediu para que o tema da festa fosse sobre monster trucks. “Neste ano, quando vimos que teria a apresentação da Monster Jam, em São Paulo, eu e meu marido conversamos com ele e perguntamos se queria ir. A resposta não podia ser outra: claro que sim!!”, contou. 

Pai e mãe, se organizaram, compraram as entradas, reservaram o hotel e o aéreo. “Quanto mais perto chegava da data, mais ansioso o Lucas ficava. Até que, finalmente, chegou o grande dia! Como temos a Malu, que está com pouco mais de três meses. Só foram para o evento, papai Alessandro e o Lucas”, relatou Silvia. 

“Foi muito maneiro conhecer os monster trucks”, resumiu Lucas.

O espetáculo

Para as manobras radicais dos veículos gigantes, foi montada uma megaestrutura na Arena Corinthians. Inclusive foi retirada toda a grama do estádio. Para quem conhece e gosta do Monster Jam foi um prato cheio. O show contou com a apresentação de oito caminhões muito conhecidos pelos fãs, como Zombie, Grave Digger, Max-D, Alien Invasor, NEA, El Toro Loco (único com piloto latino). Os demais pilotos são todos americanos), Scooby-Doo e Dalmatian (esses dois últimos eram os únicos pilotados por mulheres). 

A primeira prova foi classificatória, que rendeu demonstrações individuais de cada piloto, com voltas e saltos em torno do espaço, e Grave Digger, do piloto Morgan Kane, garantiu a melhor pontuação geral.

Com a soma de pontos, foram decididos quais seriam os duelos em dupla. Os primeiros que realizam demonstrações foram Zombie e Scooby Doo, arrancando aplausos do público. No decorrer do evento a plateia ficou cada vez mais agitada, com as destruições dos obstáculos e empinadas dos veículos, levantando e soltando gritos para cada show realizado na pista.  No intervalo das apresentações ainda teve o espetáculo do motocross Freestyle.

 

 

Deixe uma resposta