Turismo

Mulheres representam mais de 60% dos viajantes nos últimos três meses

 Com a vacinação avançando e com a população se sentindo mais segura, o turismo vai se reaquecendo. Um público específico tem liderado as viagens nos últimos três meses: as mulheres. De acordo com um levantamento feito pelo ViajaNet, agência virtual de turismo, as mulheres compuseram 60,12% dos turistas de agosto a outubro de 2021, enquanto os homens representaram 39,88%. 

A retomada gradual do turismo conta com o selo Turismo Responsável que o Ministério do Turismo lançou. Esse programa estabelece práticas de higienização que devem ser aplicadas por cada segmento do setor. O selo faz com que o turista se sinta seguro ao frequentar locais que cumpram os protocolos de higiene e segurança para a prevenção do coronavírus.

“Com os turistas se sentindo mais seguros devido a todos os cuidados, além da vacinação que teve impacto visível quanto ao número de casos de Covid-19, as viagens aumentaram”, explica Daniely de Oliveira, Gerente de Comunicação do ViajaNet. 

Perfil dos viajantes nos últimos três meses de 2021

Além das mulheres que se sobressaíram no começo do segundo semestre de 2021 com a maior porcentagem de viajantes em comparação com os homens, a faixa etária com mais turistas foi a de 25 a 34 anos com pouco mais de 30%. Os jovens de 18 a 24 anos ficaram na sequência com pouco mais de 20% e a faixa de 34 a 44 anos teve quase 20% dos viajantes.

Com a abertura das fronteiras e os brasileiros sendo recebidos com sua devida imunização, o turismo internacional vai voltando. As filas para vistos para os Estados Unidos estão cheias com a reabertura da fronteira para o país — inclusive, Nova Iorque tem sido um dos destinos mais procurados pelos brasileiros que desejam viajar para fora do país. A Argentina e o Uruguai também passaram a receber turistas e se tornaram uma opção para os que apostam em uma viagem internacional para destinos não tão distantes.

Antes de planejar qualquer viagem, é preciso verificar as normas de cada país para a entrada. Enquanto alguns exigem somente o comprovante de vacinação, outros ainda precisam de exame negativo para a Covid-19. É importante programar a viagem e seguir todos os protocolos de segurança para o bem-estar de todos. Um bom seguro saúde também se faz necessário em caso de qualquer imprevisto durante a viagem.