Esporte

No Brasileiro de Marcas, Fábio Carbone vence corrida agitada

 

 “Vitória com um gosto ótimo. No sábado larguei na pole e cometi um erro infantil (ao posicionar o carro fora do colchete no grid) e acabei tomando um drive-through à toa. Mas acho que hoje consegui me redimir. Sobre o carro eu não tenho nem o que dizer, estava muito bom. Colocamos a Renault novamente no topo do pódio e eles vêm para terminar o ano muito forte para começar 2016 com mais força ainda”, disse o vencedor.

Mas atrás de Carbone a corrida esquentou. Gustavo Martins largou na frente mas sua liderança só durou até a curva 4, quando Carbone o ultrapassou para tomar a ponta. Na freada da curva 1, após a partida, confusão: Thiago Marques escapou e Felipe Tozzo acertou o carro de Rubens Barrichello, que também colheu o colega de Renault Gabriel Casagrande, vencedor da corrida de ontem. Tozzo, no Honda Civic, cruzou a linha de chegada em décimo, mas foi desclassificado pela direção de prova por atitude anti-desportiva pela batida na largada.

Barrichello permaneceu na prova até a 14ª das 18 voltas da prova até abandonar com problemas de temperatura de motor. Segundo o piloto, que marcou a volta mais rápida das duas corridas no final de semana, a batida pode ter danificado o sistema de refrigeração do motor.

Os Chevrolet Cruze da Onze Motorsports, com Guilherme Salas e Nonô Figueiredo, além do Toyota Corolla de Rodrigo Baptista, iam dando show e subindo de posição a cada volta. 

Gustavo Martins mantinha-se em segundo, mas sempre sendo pressionado: ora por Guilherme Salas, ora por Rodrigo Baptista. “Corrida muito disputada, todo mundo muito rápido. Foi uma corrida muito boa, limpa, sem safety car. A temperatura mais baixa mudou bastante coisa no acerto do carro. Mas no cockpit a coisa estava quente com tanta gente na disputa e me pressionando por posição”, lembrou o piloto da JLM Sport, que com o resultado subiu à vice-liderança da competição.

Título

A disputa pelo título também esquentou faltando uma rodada dupla para a decisão do campeão. Vitor Meira conseguiu salvar três pontos no sábado e marcou mais nove neste domingo com o sexto lugar. Ele agora soma 190 e alimenta 27 de vantagem para o novo vice-líder Gustavo Martins, que tem 163.

O próximo encontro da Copa Petrobras de Marcas é no encerramento da temporada 2015, quando a categoria retorna ao Autódromo de Interlagos, em São Paulo, para a decisão do campeonato.

 

Deixe uma resposta