Lançamentos

Placas padrão Mercosul entram em vigor no Paraná dia 17? Não em Foz do Iguaçu

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) anunciou que a conversão das placas de automóveis para o modelo adotado pelo Mercosul entra em vigor no dia 17, mas ainda há muitas dúvidas entres os fabricantes e os proprietários dos veículos.

A maioria das estampadoras nem está credenciada no Paraná. Em Foz do Iguaçu, das cinco fábricas, apenas uma já está autorizada pelo Detran, mesmo assim, ainda não pode confeccionar as novas placas. As outras estão aguardando a liberação.

 

Segundo Rodrigo Wilde, da Nossa Placa, na teoria a Resolução 729 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) diz que a data de início é dia 17, mas na prática não só em Foz, mas em vários municípios as fábricas não estão prontas. “Nós já temos o novo maquinário. Já fizemos a reforma exigida, mas estamos aguardando a autorização do Detran. Outras tem o credenciamento, mas não as máquinas. Está tudo muito confuso”, explicou.

Também será necessário ser ajustado todo o sistema de controle das novas identificações. Outro detalhe é a falta de informação em relação ao preço. “Na próxima semana terá uma Audiência Pública em Brasília para debater a mudança. Estamos ansiosos”, disse Wilde.

Quem precisa trocar

As trocas serão realizadas gradativamente. A obrigatoriedade do padrão de placas no modelo Mercosul será para as seguintes situações: Primeiro emplacamento; Aquisição de veículo; Aquisição de veículo com troca de município; Alteração de Dados com complementação de placa; Mudança de Município; Registro de Outro Estado; Troca de categorias; e outros processos que necessitem a substituição de placas.

A previsão é que toda a frota nacional esteja emplacada com o novo modelo até o fim de 2023

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) todos os veículos devem fazer a substituição: reboques, semirreboques, motocicletas, triciclos, motonetas, ciclo elétricos, quadriciclos, ciclomotores, tratores e guindastes, que serão identificados por uma única placa, instalada na parte traseira.

Novas Placas

As novas placas serão revestidas com película retrorrefletiva e terá o mesmo desenho em todos os países do Mercosul:  quatro letras e três números em fundo branco. Incluindo a bandeira do país.

O novo modelo terá código único e conterá todos os dados de confecção da placa, como a identificação do fornecedor e o número de série, data e ano da fabricação da peça. Inclui ainda o modelo do carro.

Segundo o diretor-geral do Detran, Marcello Panizzi, o novo modelo terá itens de segurança que permitirão a rastreabilidade das placas e dos veículos por meio de QR code praticamente impedindo a clonagem. Numa segunda fase haverá ainda, como reforço de segurança, a implantação de um chip.

Abilene Rodrigues

Deixe uma resposta

20 − dezessete =