Turismo

População iguaçuense comemorou dez anos de #CataratasDay

Há dez anos, a paisagem que encanta e impressiona os visitantes que vêm de todo o mundo conhecer as Cataratas do Iguaçu tornou-se ainda mais reconhecida mundialmente após ter sido eleita como uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza. Desde então, 11 de novembro é o dia dedicado às quedas com o #CataratasDay.

A edição de 2021 tornou-se ainda mais especial por conta da celebração de uma década da conquista que envolveu toda a comunidade, tanto do Brasil quanto da Argentina, por cerca de quatro anos. A eleição realizada pela Fundação Suíça New7Wonders foi no formato de votação popular, aberta a todo o mundo.

Patrimônio do mundo, mas principalmente de Foz do Iguaçu, a entrada do atrativo foi gratuita para os moradores da cidade, que prestigiaram o passeio. Para Marina dos Santos, moradora do Centro da cidade, essa foi a primeira visita após a pandemia de Covid-19. Como ela mesma conta, “é como se eu finalmente recuperasse minhas energias”.

“A minha cidade é maravilhosa, temos que prestigiar sempre que possível essa perfeição. É mesmo o quintal da nossa casa, como costumamos dizer, então seja hoje, amanhã ou em qualquer outro dia, que todos possam vir e se emocionar com tudo isso”, completa.

Também aproveitando o #CataratasDay, Benjamin Barros cumpriu uma pendência que há tempos estava devendo. Já são dois anos morando em Foz, mas ele ainda não havia visitado as Cataratas. “Eu sempre postergava o passeio, via como era lindo somente pela TV e por fotos, mas estar aqui me encheu com uma energia muito positiva. Esse dia com um tempo lindo tornou ainda mais incrível estar aqui”, contou.

Os visitantes internacionais marcaram presença nas celebrações. Cintia Vazquez mora em Miami, nos Estados Unidos, e não imaginava que poderia se impressionar tanto com a paisagem.

“Fiquei feliz por saber que hoje é uma dia especial para as Cataratas, porque esse local merece mesmo ser prestigiado e visto por todos. Já visitei muitos países, mas não há nada que se compare com isso, é fantástico e ficará para sempre em minhas lembranças”, disse a turista.

Cerimônia marcante

Essa década especial para as Cataratas do Iguaçu contrasta com o trabalho realizado por toda a gestão do turismo da cidade para a eleição das quedas e também para o avanço do setor na cidade.

O número de visitantes do Parque Nacional do Iguaçu, por exemplo, aumentou em quase 800 mil pessoas entre 2011 e 2019, ano em que foi registrado o recorde de 2 milhões de visitantes.

“Mesmo antes das eleições para essa escolha, os moradores de Foz já sabiam que possuíam uma maravilha da natureza na cidade. Para todo o mundo podemos mostrar o potencial do município por meio dela. Vamos agitar as redes sociais e mostrar como temos orgulho da nossa terra”, celebrou o vice-prefeito, delegado Francisco Sampaio.

“Não cansamos de citar o quanto Foz do Iguaçu é importante para o Estado. O Paraná está sempre muito bem representado com tudo o que essa cidade fornece, nosso cartão postal para o mundo e que realiza uma gestão exemplar, como o turismo sustentável, que preserva todo o espaço em que está localizado”, elogiou o secretário de Desenvolvimento e Turismo do Governo do Paraná, Marcio Nunes.

“Termos sido escolhidos só mostra o quanto o mundo admira essa beleza que temos aqui, um orgulho para o nosso povo, aonde gente de todo o planeta vem visitar e os iguaçuenses podem aproveitar a qualquer momento”, destacou o secretário de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli.

“Representar o turismo em Foz é uma honra. Essa Maravilha da Natureza é ainda mais valorizada pelo trabalho de todos os nossos moradores, guias, trabalhadores, entre outros profissionais incríveis que temos”, citou o presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Yuri Benites.