Turismo

Quase metade do público do GP Brasil de Fórmula 1 é formado por turistas

Foto: Beto Issa/ GP Brasil

 

Entre os principais dados, a pesquisa apontou que 43% do público que prestigiou a corrida eram de fora da cidade. E entre esses turistas, quase 16% eram estrangeiros. A maior parte dos visitantes (79%) escolheu os hotéis para se hospedar, um crescimento de 20% em relação ao ano anterior. A ocupação média de toda a rede hoteleira paulistana ficou em mais de 74% neste fim de semana. Apenas 17% dos turistas ficaram em casas de amigos ou parentes. O restante ficou em meios alternativos de hospedagem, como hostels e casas ou apartamentos alugados.

Dentre as principais atividades realizadas pelos turistas, compras, vida noturna e gastronomia saíram na frente, com 23%, 21% e 15%, respectivamente. 

Outro dado interessante mostra que houve um aumento de 20% do público feminino entre o ano passado e este ano. Mesmo assim, a maioria – 88% – ainda é formada por homens. A faixa etária predominante permaneceu entre 30 e 39 anos. 

GP Brasil

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 – 2015 teve como primeiro colocado o alemão Nico Rosberg, o britânico Lewis Hamilton na segunda posição do pódio e o também alemão Sebastian Vettel em terceiro lugar. 

Entre os brasileiros, Felipe Massa terminou na oitava colocação, mas acabou desclassificado após a corrida por conta da temperatura dos pneus acima do permitido pelas regras. Já Felipe Nasr terminou a prova em 14º lugar, mas com a desclassificação de Massa, ficou em 13º.

De acordo com a organização do evento, 136.410 pessoas foram ao Autódromo José Carlos Pace durante os três dias de evento, de 13 a 15 de novembro. A última etapa do campeonato de Fórmula 1 será o GP dos Emirados Árabes, no dia 29 de novembro. 

 

Deixe uma resposta