Carlos Oliveira

Reminiscências da época de estudante!

Tio Bubi, assim o chamavam. Octogenário, porém lúcido e observador, era uma espécie de assessor da irmã na administração daquela pensão de luxo, uma verdadeira mansão cuja configuração arquitetônica, em estilo germânico, abrigava em torno de doze estudantes que para ali merecerem morar, tinham que provar que desenvolviam algum tipo de atividade profissional.

Discreto em suas ações, Tio Bubi, embora aparentemente conservador, trazia consigo um espirito anárquico positivo, especialmente na forma de manifestar sua visão de vida.

E o fazia de forma parabólica.

Algo que muito marcou naquela convivência de um grupo heterogêneo de jovens que se preparavam para o futuro, foi a conscientização de que nada melhor que o respeito a valores básicos para se viver melhor, até porque, como dizia Tio Bubi, o mundo oferecerá oportunidades mil de desenvolver qualquer tipo de aventura.

E a Tibagi 765 permanece viva na memória de quem lá teve oportunidade de morar e atualmente na condição de médicos, engenheiros, veterinários, professores, executivos financeiros, e até religiosos só tem a agradecer e lembrar com carinho do Tio Bubi.

Carlos Roberto de Oliveira

Deixe uma resposta