Tarcisio Dias - Mecânica Online

Trânsito intenso pode danificar as velas de ignição

O trânsito intenso, que tem se tornado comum no dia a dia das grandes cidades, pode ser prejudicial ao veículo, especialmente para componentes que sofrem desgaste independente da quilometragem rodada, como as velas de ignição. Isso acontece porque, embora o carro esteja parado no congestionamento, o motor continua funcionando e em condições que não são adequadas, como baixa rotação e baixa temperatura na câmara de combustão.

 


Melhor compra 2019

O Volkswagen T-Cross acaba de ser eleito pela Revista Quatro Rodas como o grande campeão do “Melhor Compra 2019”, levantamento realizado pela publicação que analisou 75 modelos em 25 categorias. Mais do que vencer entre os utilitários esportivos até R$ 100 mil, o T-Cross foi considerado como a melhor opção entre todos os vencedores do levantamento.
Pneu verde – Conhecido como pneu econômico, os pneus de baixa resistência ao rolamento são iguais aos pneus convencionais. A principal diferença está na sua composição, com a sílica (dióxido de silício) substituindo parte do negro de fumo (pó escuro fabricado por meio da queima de óleos em fornos especiais), elemento fortalecedor da borracha e essencial para a construção dos pneus. Segundo alguns fabricantes, é possível rodar até 720 quilômetros a mais, levando em consideração um automóvel que roda mil quilômetros por mês.

Pneu run flat

É capaz de rodar sem ar por até 80 quilômetros a 80 km/h, sem que o pneu saia da roda. Se furar, o motorista ainda consegue rodar até que seja possível parar em local seguro, pois o equipamento tem lateral reforçada e estrutura capaz de suportar o peso do veículo. Vale lembrar que o carro equipado com esse sistema de pneus deve ter o chamado Tire Pressure Monitoring System (sistema de monitoramento de pressão de pneu), para que o condutor seja alertado sobre o esvaziamento do pneu, passando a dirigir o veículo em velocidade moderada.

Deixe uma resposta