Turismo

Turismo de Foz volta com tudo: 100% de ocupação

A Secretaria Municipal de Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação divulgou nesta terça-feira, 14, levantamento da ocupação hoteleira durante o último feriado (de 4 a 7 de setembro), o que confirma que Foz do Iguaçu “está bombando” entre os principais destinos turísticos do país.

Os números dos hotéis, classificados conforme o valor da diária, superaram a maioria das estimativas apontadas no final de agosto. Na faixa em que a diária custa de R$ 501 a R$ 600, a ocupação atingiu 100%. A média das oito categorias pesquisadas ficou em 65%.

“Estamos no caminho certo, a visitação e a ocupação hoteleira mostraram isso. A vacinação, as campanhas de divulgação e o trabalho dos operadores e hotéis estão sendo fundamentais nesta retomada. Esperamos esse mesmo movimento no próximo feriado e também um aumento na procura do destino nos finais de semana. Foz do Iguaçu está bombando!”, disse o secretário Paulo Angeli.

O avanço da vacinação contra a covid-19, que já tem 100% da população (conforme dados do Ipardes) vacinada com pelo menos a primeira dose e 50,7% com as duas doses, e a campanha “Vem pra Foz”, da Itaipu Binacional, são os grandes impulsionares dos excelentes resultados do turismo na cidade.

Apenas em duas categorias (diária acima de R$ 600 e de R$ 401 a R$ 500), a ocupação ficou abaixo da expectativa: 50% e 54%, respectivamente. Mesmo assim, os percentuais superam a média das diárias ocupadas no ano. Nas demais seis categorias o aumento foi de 7%, 10%, 20%, 21%, 33% e 42%.

Pesquisa

No geral, as ocupações ficaram assim: 50% (diária acima de R$ 600), 100% (de R$ 501 a R$ 600), 54% (R$ 401 a R$ 500), 60% (R$ 301 a R$ 400), 78% (R$ 201 a R$ 300), 71% (R$ 100 a R$ 200), 40% (até R$ 99) e 70% (pousadas).

A pesquisa da expectativa foi levantada entre 30 e 31 de agosto, e da ocupação no dia 13 de setembro – foram consideradas três diárias do feriado da Independência. A estimativa abrangeu 65 hotéis e pousadas, grau de confiança de 90% e margem de erro de 7%. Na ocupação, foram pesquisados 41 hotéis e pousadas, grau de confiança e margem de erro com os mesmos percentuais registrados anteriormente.

Foz do Iguaçu tem uma rede de 30 mil leitos distribuídos entre mais de 180 estabelecimentos como hotéis, pousadas, hostels e albergues da juventude.