Turismo

Turismo: Vindima uruguaia: 1 festa para todos os sentidos

Começa a época de colheita de uvas no Uruguai, mais conhecida como Vindima, ocorre em vários locais do país geralmente em meados de fevereiro a meados de março. O Festival da Colheita é uma genuína expressão patrimonial, onde o charme das tradições locais e regionais relacionadas com os migrantes e a produção de vinho é revivida.

Várias vinícolas desse período abrem suas portas e realizam celebrações com grande alegria e de identidade, despertando o interesse de visitantes que vêm conhecer e desfrutar desse patrimônio vivo.

O fundamental no momento da colheita é que o fruto tenha atingido o grau perfeito de maturação, isto significa que os açúcares e os ácidos da fruta alcançaram o valor ideal para o tipo de vinho que se deseja produzir. Só assim o sucesso de todo o processo subsequente pode ser garantido.

As diferentes etapas do processo de elaboração determinam o tipo de vinho final, mas a magia e a arte começam na vinha.

Diversidade de Terroir

A colheita tem uma longa tradição cultural com diferentes regiões vinícolas, cada uma com seu reconhecido “terroir”, que garante a diversidade inimitável dos vinhos uruguaios, principalmente devido ao ambiente natural e humano de onde provêm. Nessa linha o turista pode encontrar 5 regiões com sabores únicos para desfrutar:

 – Litorânea banhada pelo rio Uruguai: vinícolas em Salto, Paysandu e Soriano.

– Nas cabeceiras do Rio da Prata, as suas águas se encontram com as dos rios Uruguai e Paraná: destacam-se as Bodegas de Colônia.

– O Rio da Prata entrega seu toque aos vinhedos e vinícolas de San José, Montevidéu e Canelones.

– Influenciados pelo Oceano Atlântico são as vinícolas e vinhedos de Maldonado.

– Ao norte do nosso país, as adegas e vinhas de Rivera.

Deixe uma resposta