Variedades

Última apresentação de Paixão de Cristo reuniu 10 mil pessoas 

Em dois dias de apresentações, a encenação da Paixão de Cristo, – que revive uma das mais emocionantes passagens bíblicas – levou ao Marco das Américas, em Foz do Iguaçu, mais de 15 mil pessoas, segundo os organizadores. O espetáculo coordenado pela Fundação Cultural, trouxe à cidade uma grande produção teatral comandada pelo diretor Cesar Crispim com a participação de atores nacionais como Ana Rosa, Kayky Brito, Luciano Szafir e Elke Maravilha, além de 60 atores locais.

O público pode acompanhar nos dias 22 e 23 apresentações no período da noite, marcadas pela emoção. Mesmo permanecendo em pé ao longo das passagens pelos cinco palcos, os espectadores mostraram-se  encantados com a iniciativa. “Acho que a cidade estava precisando de um evento desse porte. Ainda mais sendo um evento religioso, numa data tão simbólica, disse o padre Clodoaldo Frassetto que acompanhou a primeira noite de exibição.

Para Szafir a receptividade, o cenário, e o público formaram uma perfeita combinação. “Eu atuo em espetáculos da Paixão há mais de 20 anos. Digo com certeza que Foz do Iguaçu está pronta para ter seu espetáculo, sua própria encenação, e daqui para frente muitas coisas ainda podem ser melhoradas”.  Outro elogio foi feito aos atores locais escalado para o elenco. “O que vimos aqui foram atores extremamente dedicados, responsáveis e respeitosos, estão todos de parabéns”.

Com a presença maciça do público, o presidente da Fundação Cultural, Adailton Avelino, já confirmou a intenção de manter o evento nos próximos anos. “Nossa ideia é de incluir a encenação no calendário de eventos da cidade, para que aconteça ano após ano, unindo as pessoas num ato de fé. Não importa se estamos ou não na administração. Minha vontade é de deixar a ideia de presente para a cidade”. 

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta