Variedades

Aberto o agendamento para vacinação contra a Covid em adolescentes de 16 e 17 anos sem comorbidades

A Secretaria da Saúde de Foz do Iguaçu abriu o agendamento para a vacinação contra a Covid-19 em jovens de 16 e 17 anos sem comorbidades, adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades ou deficiência permanente, gestantes, lactantes e puérperas (mães que tiveram bebê em até 45 dias). Também serão disponiblizadas doses para a população adulta acima de 18 anos.

A vacinação acontecerá na quarta-feira (06) em cinco Unidades Básicas de Saúde: Profilurb II, Vila Yolanda, Cidade Nova, Morumbi e Lagoa Dourada. Para pessoas acima de 18 anos a vacinação será exclusiva na unidade do Porto Belo.

Para agendar a primeira dose, basta acessar o site: https://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/. No dia da vacinação, é necessário levar um documento oficial com foto, CPF e cartão SUS (quando possuir). Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável ou com uma autorização por escrito do pai/mãe ou responsável.

Comprovantes

Adolescentes com comorbidades acompanhados pelas unidades de saúde não precisarão apresentar nenhum documento extra, se estiverem com o CID da doença cadastrado no sistema RP Saúde. Já os adolescentes acompanhados pela rede privada precisarão apresentar uma declaração de comorbidade assinada e carimbada pelo médico. Também pode ser aceito um atestado / declaração médica devidamente preenchida e que contenha as informações necessárias para confirmação da comorbidade.

Gestantes

As gestantes deverão apresentar o cartão de pré-natal e prescrição médica para serem vacinadas. As puérperas ou lactantes deverão apresentar cartão de pré-natal, certidão de nascimento do bebê e prescrição médica.

Balanço

Foz do Iguaçu aplicou até agora 325.993 doses de vacinas contra a Covid-19, destas 201.148 de primeira dose, 114.064 de segunda dose e 7.115 de dose única. Também foram aplicadas 1.367 doses de reforço em idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos. Com isso, o município atingiu 106,2% de cobertura vacinal com a primeira dose ou dose única e 61,1% com a segunda dose na população adulta.

Em adolescentes, 2.300 doses foram aplicadas, o que corresponde a 10,6% da população de 12 a 17 anos.