Esporte

Bruno Fernandes fica com o título da categoria Super e vai para o mundo real

O gaúcho Bruno Fernandes se firmou como um dos principais nomes do automobilismo virtual no país. Na noite da última segunda-feira ele assegurou o título da Turismo Nacional Virtual após as quatro corridas disputadas no Autódromo de Curitiba. O prêmio pela conquista é a possibilidade de disputar uma etapa da Copa HB 20 no mundo real além de receber um par de luvas da OMP Racing.

“Não caiu a ficha ainda. É impressionante ser o campeão e imaginar que eu vou estar a bordo de um carro de corrida. É um sonho para qualquer piloto virtual, apaixonado pelo automobilismo”, contou o piloto que desde os 2 anos de idade ia no colo do pai para o Autódromo de Tarumã. No ano passado, Bruno foi o vencedor do evento virtual promovido pela Stock Car.

A constância fez a diferença para o título na opinião de Bruno, que esteve nos pódios em todas as seis etapas.

“Acho que a preparação de setup e toda a experiência que o Jhonatan Mello passou para todos os pilotos da equipe Fast Lap e-Sports contou bastante para ter calma na pista. Foi com muita dedicação de muita gente”, contou Bruno.

Outro piloto que poderá andar em um treino na Copa HB20 é Bernardo Cardoso, que ficou com o vice-campeonato e foi o melhor piloto entre os que utilizaram o modelo Hyundai HB20 no campeonato.

“Finalmente vou poder andar nesses carros que estão aqui tão perto. Também é um sonho poder andar em Interlagos, mesmo que seja em um treino”, disse o piloto que é filho do desenvolvedor dos carros da Copa HB20 Fabiano Cardoso, mas que nunca pilotou um dos carros preparados por ele.

Final
As últimas decisões da Turismo Nacional Virtual estão marcadas para a próxima segunda-feira (29), com as corridas das classes A e B. Cada uma delas fará duas corridas de 25 minutos.

O Turismo Nacional Virtual tem o apoio da OMP Racing, Unidas Aluguel de Carros e a parceria de treinamento com a Confederação Brasileira de Automobilismo; e de premiação com a Copa HB20.